Buscas por avião que caiu na Argentina com três brasileiros entram no quarto dia


As buscas pelo avião que caiu na Argentina com três brasileiros a abordo entraram no quarto dia neste sábado (9). A aeronave realizava um trajeto do aeroporto de El Calafate para Trelew, na Argentina, quando desapareceu nesta quarta-feira (6), segundo a Empresa Argentina de Navegação Aérea, pertencente ao Ministério Nacional dos Transportes do país.

De acordo com as informações disponíveis em consulta da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), o avião de pequeno porte, sem autorização para táxi aéreo, pertence a Antônio Carlos de Castro Ramos, empresário de Florianópolis, dono da ACCR Construções. Além de Antônio, estavam na aeronave dois amigos dele, Mário Pinho e Gian Carlo Nercolini.

A ACCR Construções informou à CNN que o filho de Antônio e o irmão dele foram para Argentina nesta quinta-feira (7). Eles foram informados por autoridades do país que a suspeita é de que o avião tenha caído no mar.

Avião com três brasileiros a bordo caiu na região de Comodoro Rivadavia, na Argentina; buscas entraram no quarto dia
Avião com três brasileiros a bordo caiu na região de Comodoro Rivadavia, na Argentina; buscas entraram no quarto dia / Arte/CNN Brasil

Início das buscas

O Serviço de Busca e Salvamento (SAR) foi acionado após perder contato com a aeronave RV-10, prefixo PP-ZRT. O último contato do avião foi registrado no Centro de Controle da Área Comodoro Rivadavia (ACC).

De acordo com a Empresa Argentina de Navegação Aérea SE, após várias tentativas de comunicação, o ACC Comodoro Rivadavia comunicou o serviço de salvamento, ativando o protocolo de busca de aeronaves.

O Serviço de Busca e Salvamento entrou em contato com o Centro Argentino de Controle de Mísseis (ARMCC) que comunicou o acionamento da lanterna ELT da aeronave.

*Com informações de Giulia Alecrim, Gabrielle Ravasco, Carolina Figueiredo, Ingrid Oliveira, da CNN, em São Paulo

Este conteúdo foi originalmente publicado em Buscas por avião que caiu na Argentina com três brasileiros entram no quarto dia no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.