Repórter da Fox News ferido na Ucrânia diz que é “muito sortudo” por estar vivo


Um correspondente da Fox News que foi ferido na Ucrânia durante um ataque que matou dois de seus colegas, disse nesta quinta-feira (7) que sofreu ferimentos graves, mas se sentiu “muito sortudo” por ter sobrevivido.

Benjamin Hall estava em um veículo com o cinegrafista da Fox News Pierre Zakrzewski, e a jornalista ucraniana Oleksandra “Sasha” Kuvshynova no mês passado, quando foi atingido por um incêndio próximo a Kiev. Zakrzewski, de 55 anos, e Kuvshynova, de 24, foram mortos.

“Para resumir, perdi meia perna de um lado e um pé do outro. Uma mão está se recuperando, um olho não está mais funcionando e minha audição está bastante danificada”, disse Hall em um post no Twitter junto com uma foto de si mesmo em uma maca, usando um tapa-olho.

“Mas, apesar de tudo, me sinto muito sortudo por estar aqui – e são as pessoas que me trouxeram aqui que são incríveis!”, disse Hall.

Em um tweet anterior, o primeiro desde o ataque, Hall prestou homenagem a seus dois colegas mortos.

Zakrzewski era um fotógrafo veterano da zona de guerra que cobria vários conflitos para a Fox News, inclusive no Iraque, Afeganistão e Síria. Baseado em Londres, ele trabalhava na Ucrânia desde fevereiro.

Kuvshynova estava ajudando as equipes da Fox a navegar em Kiev e nos arredores enquanto coletava informações e conversava com fontes.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Repórter da Fox News ferido na Ucrânia diz que é “muito sortudo” por estar vivo no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.