Morre Garibaldi Alves, ex-senador e fundador do MDB no Rio Grande do Norte


Morreu na madrugada desta quinta-feira (7) o ex-senador e ex-vice-governador do Rio Grande do Norte, Garibaldi Alves, aos 98 anos. Pecuarista, Garibaldi teve longa carreira política, sendo eleito pela primeira vez em 1958 para deputado estadual. Durante a ditadura teve seu mandato cassado e os direitos políticos suspensos por dez anos.

O anúncio da morte foi feito pelo seu filho, Garibaldi Filho, ex-governador potiguar e ex-ministro de Dilma Rousseff. Segundo ele, Garibaldi Alves morreu de causas naturais, em casa.

Alves foi um dos fundadores do MDB no Rio Grande do Norte. Em 2011, assumiu o mandato de senador como suplente de Rosalba Ciarlini, que deixou o legislativo para assumir cargo no governo potiguar. Aos 87, foi o senador mais idoso da casa naquela altura, mas acabou se licenciando para tratar de problemas de saúde.

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, manifestou-se no Twitter sobre o falecimento: “Com pesar, recebo a notícia do falecimento do ex-senador Garibaldi Alves. O seu nome tem um importante significado para a política do RN.”

Alves também era avô do deputado federal Walter Alves. Ele deixa quatro filhos, dez netos, 15 bisnetos e uma trineta.

*publicado por Felipe Romero, da CNN.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Morre Garibaldi Alves, ex-senador e fundador do MDB no Rio Grande do Norte no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.