Demência: Seis sintomas pouco conhecidos


Na realidade, a demência é um termo genérico utilizado para designar um conjunto de doenças que se caracterizam por alterações cognitivas que podem estar associadas a perda de memória, alterações da linguagem e desorientação no tempo ou no espaço. Para a maioria não existe tratamento e também não há uma forma definitiva de prevenir a demência. Porém, há sinais de alerta que não deve ignorar.

O Serviço Nacional de Saúde Português reuniu os seis primeiros sintomas de demência. Veja abaixo:

1- Dificuldade em gerir as finanças;

2- Dificuldades de memória, tais como recordar-se de eventos recentes;

3- Não saber qual o dia da semana, do mês e do ano,  apresentar desorientação no espaço, perdendo-se em lugares familiares;

4- Alterações do humor e de personalidade, irritabilidade inexplicável e perda de interesses;

5- Alterações de linguagem e dificuldade em encontrar as palavras adequadas para se expressar;

6- Dificuldade nas atividades básicas de vida, tais como a vestir-se adequadamente.

Recorde-se que a Organização Mundial de Saúde estima que existam 47.5 milhões de pessoas com demência em todo o mundo, número que pode chegar os 75.6 milhões em 2030 e quase triplicar em 2050, para 135.5 milhões. A doença de Alzheimer representa cerca de 60 a 70% de todos os casos de demência.

 


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.