Cuca paga multa rescisória no Atlético-MG e fica livre para assinar com qualquer outro clube do Brasileirão


Cuca não descarta voltar a trabalhar já no segundo semestre de 2022 após alegar “problemas pessoais” para deixar o Atlético em dezembro

O técnico Cuca causou grande surpresa ao deixar o comando do Atlético-MG alegando problemas pessoais logo após a conquista da tríplice coroa com os títulos do Campeonato Mineiro, Brasileirão e Copa do Brasil na temporada passada. Como o treinador tinha contrato com o Galo até dezembro de 2022, a diretoria atleticana optou por não ‘perdoar’ o pagamento da multa rescisória pela quebra do vínculo.

Cuca usou o dinheiro que tinha a receber por premiações pelas vitórias e pelos títulos conquistados em 2021 para pagar os R$ 2,5 milhões pela rescisão com o Atlético-MG. Com o pagamento quitado, o treinador não tem mais nenhum vínculo com o time mineiro e está livre para assinar com qualquer outro clube da Série A do Brasileirão. A informação é doi UOL Esporte.

De acordo com a publicação, Cuca não descarta voltar a trabalhar no segundo semestre da temporada. Por respeito ao Atlético, o treinador não estava aberto para propostas nos primeiros meses do ano, mas com o início do Brasileirão, está ciente de que é apenas uma questão de tempo até ser procurado por alguma equipe.

Para aceitar um novo clube ainda em 2022, porém, Cuca irá levar em consideração mais do que apenas a parte financeira. O treinador deve buscar uma equipe com condição de fazer uma boa campanha, isso porque uma escolha errada pode atrapalhar os planos do treinador em assumir o comando da seleção brasileira – lembrando que Tite já anunciou que irá deixar o cargo após a disputa da Copa do Mundo, em dezembro.

Saída de Cuca do Atlético-MG:

Segundo o UOL Esporte, Cuca decidiu deixar o comando do Atlético-MG antes mesmo do fim da temporada, mas como o foco da equipe era a reta final do Brasileirão e da Copa do Brasil, o treinador optou por tornar pública sua decisão apenas depois de todos os compromissos do Galo no ano.

A diretoria já estava ciente do desejo do treinador, mas com o foco nas disputas dos títulos, deixou para conversar com Cuca após a temporada. De acordo com a publicação, depois da conquista da Copa do Brasil, os dirigentes atleticanos tentaram convencer Cuca a desconsiderar a decisão tomada algumas semanas antes, mas sem sucesso.

“Nós não esperávamos e, obviamente, por tudo aquilo que tínhamos desenvolvido em 2021. Mas, enfim, foi uma decisão pessoal, quando a questão é, justamente, algo relacionado à família, de caráter pessoal, nós temos que respeitar”, disse o diretor de futebol do Atlético, Rodrigo Caetano, em entrevista à TV Gazeta.

Cuca paga multa rescisória no Atlético-MG e fica livre para assinar com qualquer outro clube do BrasileirãoTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.