Rússia diz que teve que pagar detentores de eurobônus com rublos


O Ministério das Finanças da Rússia disse nesta quarta-feira (6) que teve que pagar em rublos detentores de seus eurobônus denominados em dólar com vencimento em 2022 e 2042, já que um banco estrangeiro se recusou a processar sua ordem de pagamento de US$ 649,2 milhões aos investidores em sua dívida.

O Ministério das Finanças disse que o banco estrangeiro, cujo nome não divulgou, rejeitou a ordem da Rússia de pagar cupons sobre os dois papéis e também não processou o pagamento referente ao vencimento de um título neste ano.

A Rússia pode considerar permitir que os detentores estrangeiros de seus eurobônus de 2022 e 2042 convertam os pagamentos em rublos em moedas estrangeiras assim que o acesso da Rússia às suas contas em divisas fortes for restaurado, disse o Ministério das Finanças.

A capacidade da Rússia de cumprir suas obrigações da dívida está em foco, depois que sanções ocidentais em resposta ao que a Rússia chama de “operação militar especial” na Ucrânia congelaram quase metade das reservas estatais do país e limitaram o acesso de Moscou aos sistemas globais de pagamento.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Rússia diz que teve que pagar detentores de eurobônus com rublos no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.