Ronaldo revela condições para acordo entre Cruzeiro e Mineirão


Raposa ainda tenta acerto para jogar Série B no estádio; para Fenômeno, administradora tem que ‘ceder muito’ para acordo ser viável

Com a compra da SAF aprovada, agora Ronaldo terá outras prioridades em sua vida como acionista majoritário do Cruzeiro. Uma delas será tentar selar qual será o estádio onde o clube sediará seus jogos na sequência da temporada, com Série B e Copa do Brasil adiante.

A Raposa vem tentando acertar com o Mineirão para poder jogar no principal estádio de Belo Horizonte. O Fenômeno disse em presença no canal ‘3 na Área’ que há um caminho nas negociações para o entendimento entre a Minas Arena (administradora do campo) e o clube/SAF, mas que isto depende de que a empresa ‘ceda muito’ em suas demandas.

“As negociações começaram muito ruins. O consórcio que administra o Mineirão tinha somente oferecido o estádio e cobrava um absurdo para usá-lo e não era rentável. Eles já melhoraram muito quanto à nossa proposta, mas ainda estamos emperrados em várias coisas. Acho que a Minas Arena entende o momento em que o Cruzeiro está passando. Eu acho que é um momento importante para que a gente defina essa relação. A Minas Arena ainda vai ter que ceder muito para a coisa ficar justa”, afirmou Ronaldo.

Gramado e camarotes são obstáculos para acordo Cruzeiro x Mineirão

Dentre as várias pendências que o acionista do futebol cruzeirense tem com a administradora da arena, uma delas são quanto aos camarotes do estádio. O clube deseja ter parte das rendas da venda destes setores para seus jogos, mas com todos estes já vendidos, a Minas Arena estaria reticente para ceder uma parte dos ganhos com a Raposa.

“A gente quer jogar no Mineirão, mas quer a renda do nosso jogo, do espetáculo. Só que eles já venderam todos os camarotes para esse ano. Bom, mas eles venderam todos os camarotes. E se a gente não joga lá? Quem comprou vai ter o quê? A gente quer participar do lucro dos camarotes”, afirmou o dono da SAF.

Além dos camarotes, o gramado do estádio também é um empecilho para uma acerto entre Mineirão e Cruzeiro neste ponto, O Fenômeno argumenta que o estado do gramado não tem sido dos melhores e quer melhorias neste para poder jogar ali, citando o caso do Maracanã, que também sofreu com tais questões.

“O gramado do Maracanã está espetacular, fizeram um híbrido ali, 10% de grama sintética, ficou sensacional. Queremos entender também o que o Mineirão pensa neste sentido. Em muitas épocas do ano,  o gramado do Mineirão fica ruim, porque o Atlético-MG usa, o Cruzeiro também… enfim, a gente quer entender qual o tipo de investimento que eles querem fazer neste sentido. Já que a grande maioria dos estádios já está caminhando para essa tendência de grama híbrida, natural com artificial”, afirmou.

Ronaldo revela condições para acordo entre Cruzeiro e MineirãoTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.