Jornalista revela bate boca entre Paulo Sousa e dois titulares do Flamengo: ‘Vocês não fazem o que eu mando’


No intervalo de Flamengo e Fluminense, no sábado, Paulo Sousa teria discutido com jogadores

O clima no Flamengo não está nada bom. Desde a perda do título carioca para o Fluminense, revelações envolvendo bastidores da Gávea evidenciam um certo descontentamento de alguns jogadores com os métodos de Paulo Sousa. Em campo, além dos resultados são as atuações abaixo do esperado que incomodam bastante o torcedor.

No último Fla-Flu, Paulo Sousa teria feito uma forte cobrança nos vestiários durante o intervalo. Segundo informações do jornalista Thiago Asmar, o ‘recado’ do português foi direcionado para Arrascaeta e Gabigol. Diferentemente do meia uruguaio, o atacante ‘reagiu’ as cobranças do treinador.

“A briga dele no vestiário foram com dois jogadores importantes: Arrascaeta e Gabigol. No vestiário do Fla-Flu, no intervalo. ‘Vocês não fazem o que mando. Vocês querem jogar sozinho?’, relatou Asmar no programa ‘Bate Pronto’, da Rádio Jovem Pan, desta quarta-feira.

“Ele disse olhando para o Arrascaeta e o Gabigol. O Arrascaeta não reagiu, é mais reservado. O Gabigol reagiu. ‘Calma, eu estou fazendo o que você está mandando. Estou voltando’”, competou.

Braz reprova atitude de Paulo Sousa no Flamengo

De acordo com apuração do jornalista Juca Kfouri, o vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz criticou a demora pela definição de um time titular e acredita que os testes do português já deveriam ter acabado.

“Está difícil. Ninguém está gostando dessa indefinição na escalação, as experiências já deveriam ter acabado. Mas não falo nada diretamente, pra não dizerem que estou interferindo”, disse Marcos Braz a um interlocutor que Juca teve contato e revelou a declaração.

Meia do Flamengo desconhece reunião com organizadas

Depois de vencer o Sporting Crystal por 2 a 0, no Peru, pela Libertadores da América, a delegação do Flamengo desembarcou na manhã de hoje no Rio de Janeiro. Capitão em Lima, Everton Ribeiro declarou não estar ciente de uma possível reunião entre jogadores com membros de uma torcida organizada. A conversa teria sido marcada por Marcos Braz.

– Essa reunião eu não fui informado, então vamos ver como vai acontecer. Acho que a cobrança, ainda mais sendo Flamengo, é natural. Sabemos que temos que estar vencendo e melhorando, porque é o que o nosso grupo gosta, de vencer e jogar bem. Infelizmente não é o que vem acontecendo, mas estamos procurando melhorar e acertar o que estamos errando para dar uma sequência boa na temporada. Sabemos que será difícil, mas temos tudo para terminar o ano com um título, que é o que almejamos.

Jornalista revela bate boca entre Paulo Sousa e dois titulares do Flamengo: ‘Vocês não fazem o que eu mando’Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.