Após apelo de Pete Davidson, Netflix lança categoria de filmes de curta duração


Pete Davidson e cinéfilos impacientes, a Netflix ouviu seus pedidos.

Depois que o ator e comediante do “Saturday Night Live” – e atual namorado de Kim Kardashian – lamentou a falta de “filmes curtos”, a Netflix introduziu uma nova categoria para filmes que se encaixam na definição de Davidson de um filme que não dura mais de uma hora e 40 minutos.

A plataforma de streaming já possui algumas opções, como o quarto e quinto episódio da série “Scary Movie”, a comédia “Zoolander” e o aclamado “Stand By Me”, entre outras opções aleatórias.

Em seu apelo, Davidson lamentou as durações de filmes como “The Batman”, que durou quase três horas, assim como o recente indicado a melhor filme “Drive My Car”. “Spider-Man: Sem Volta para Casa” durou quase duas horas e meia, e o remake de 2021 de “Amor, Sublime Amor” apenas alguns minutos a mais.

Especialistas em cinema disseram à CNN em fevereiro que filmes com propriedade intelectual reconhecível (por exemplo, filmes da Marvel ou filmes de ficção científica de grande orçamento como “Duna”) tendem a dominar as bilheterias.

Estes se tornam “filmes de eventos” e muitas vezes se ligam a outros projetos de filmes ou TV, e precisam configurar os futuros episódios, portanto, precisam de um tempo de execução estendido. E quando filmes como “Vingadores: Ultimato” que duram mais de três horas batem recordes de bilheteria, não há incentivo para manter essas histórias cinematográficas curtas.

Claro, vale a pena mencionar que o filme de Judd Apatow no qual Davidson estrelou, o semi-autobiográfico “O Rei de Staten Island “, durou mais de duas horas – um fato também reconhecido pelo comediante.

Os filmes curtos da Netflix estão disponíveis em www.netflix.com/shortassmovies.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Após apelo de Pete Davidson, Netflix lança categoria de filmes de curta duração no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.