Além de Ed Sheeran, conheça outras acusações de plágio na música


Nesta quarta-feira (6), o cantor britânico Ed Sheeran disse que reivindicações sem fundamentos de direitos autorais estão prejudicando a indústria da música depois que ele ganhou um caso no Supremo Tribunal de Londres.

Sheeran estava envolvido em uma batalha legal com o artista de grime Sami Chokri, que atua como Sami Switch, e o produtor musical Ross O’Donoghue, que argumentou que o gancho de “Shape Of You” havia sido copiado de sua música de 2015 “Oh Why”.

Mas essa não foi a primeira vez que o mundo da música viu polêmicas envolvendo acusação de plágio. Um caso que tomou as redes sociais em 2021, por exemplo, envolveu a cantora Adele e o compositor brasileiro Toninho Geraes.

Geraes é autor da música “Mulheres” (1995), interpretada por Martinho da Vila e pela cantora Simone, e está cobrando de Adele o reconhecimento da melodia na faixa “Million years ago” (2015), do álbum “25”.

O brasileiro quer ser creditado na música, e receber royalties, além de cobrar uma indenização por danos morais. O caso ainda não foi à júri, mas Adele já recebeu duas notificações e sua gravadora, a Sony Music, uma.

Ouça “Million years ago” – Adele

Ouça “Mulheres” – na voz de Simone

Relembre também outros casos de plágio que já foram parar nos tribunais:

“Da Ya Think I’m Sexy?”, de Rod Stewart, seria um possível plágio de ‘Taj Mahal’ (1972), de Jorge Ben Jor

Foi em 1972 que Jorge Ben lançou seu álbum Ben, trabalho que fez muito sucesso no Brasil e no resto do mundo graças a temas como “Fio Maravilha” e “Taj Mahal”. Seis anos mais tarde, o inglês Rod Stewart usou o ritmo e melodia de Taj Mahal para criar “Da Ya Think I’m Sexy”?.

Jorge Ben processou Stewart, que acabou reconhecendo que sua música era um plágio de “Taj Mahal”, mas que foi sem intenção. O processo foi favorável para o brasileiro, mas Stewart sugeriu que o valor fosse doado para a Unicef – Ben Jor não teve escolha e aceitou a proposta.

Ouça “Taj Mahal” – Jorge Ben Jor:

Ouça “Do you think I’m Sexy?” – Rod Stewart

Katy Perry foi acusada de plágio pelo cantor Flame, segundo ele, “Dark Horse” (2013) da cantora pop era semelhante à sua música “Joyful Noise” (2008)

No início deste mês, um tribunal de apelações dos Estados Unidos determinou que Katy Perry e sua equipe não devem qualquer valor ao artista de hip-hop.

Em julho de 2019, um júri de Los Angeles concedeu a Flame e outros dois demandantes, um valor de US$ 2,79 milhões, incluindo US$ 550.000 de Perry e 1,29 milhão de dólares de sua gravadora Capitol Records, parte do Universal Music Group.

Mas a juíza Christina Snyder anulou o veredicto em março seguinte, dizendo que Perry não infringiu nenhum elemento musical protegido de forma independente.

Ouça “Joyful Noise” – Flame

Ouça “Darke Horse” – Katy Perry

“Coração Cachorro (Late Cachorro)”, da dupla Ávine Vinny e Matheus Fernandes, teria o mesmo refrão de “Same Mistake”, de James Blunt

Outro caso brasileiro envolvido em polêmica de plágio foi a dupla Ávine Vinny e Matheus Fernandes, com a música “Coração Cachorro (Late Cachorro)”. O hit que explodiu nas paradas do Brasil tem o mesmo refrão de “Same Mistake”, de James Blunt.

O britânico brincou com a menção em um vídeo postado no TikTok e escreveu na legenda: “Parabéns pelo nº 1, pessoal! Vou mandar os meus dados bancários em breve”.

Nada disso foi brincadeira. Blunt reivindicou autoria do refrão e depois de um acordo que, segundo a editora Universal Music Publishing Brasil, foi amigável, o autor de Same Mistake passou a deter 20% da autoria da música dos brasileiros, um dos hits mais tocados no Spotify no ano de 2021.

Ouça “Coração Cachorro (Late Coração)” – Ávine Vinny e Matheus Fernandes

Ouça “Same Mistake” – James Blunt

Taylor Swift foi acusada de plagiar a letra de “Playas Gon’ Play” (2000), do grupo 3LW

A estrela pop Taylor Swift enfrentará um julgamento devido às acusações de que ela teria plagiado a letra da música “Shake it Off”, lançada em 2014. Conforme o jornal britânico “The Guardian” noticiou, o juiz determinou que um júri deve decidir se a música é uma cópia de “Playas Gon’ Play”, canção lançada pelo grupo feminino 3LW em 2001.

As duas músicas têm letras que exploram variações das frases “Players gonna play” e “Haters gonna hate”. A data do novo julgamento ainda não foi anunciada.

“Shake it Off”, principal hit do álbum “1989”, é o single de maior sucesso da carreira de Taylor Swift e alcançou o primeiro lugar nas paradas musicais dos Estados Unidos.

Em 2015, a artista foi acusada de plágio pela mesma música. Na ocasião, a cantora de R&B Jessie Braham afirmou que “Shake it Off” seria um plágio de sua música “Haters Gonna Hate”, lançada em 2013. Braham pediu uma indenização de US$ 42 milhões, mas o processo foi indeferido por falta de evidências.

Ouça “Playas Gon’ Play” – 3LW

Ouça “Shake It Off” – Taylor Swift

 

*Com informações de Debora Sander, colaboração para a CNN.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Além de Ed Sheeran, conheça outras acusações de plágio na música no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.