Prefeito de SP: Liberação de blocos de Carnaval depende de infraestrutura e segurança


O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), informou à CNN que a prefeitura deverá autorizar o desfile de blocos de rua no Carnaval, no feriado de Tiradentes, desde que organizadores garantam condições de segurança e infraestrutura.

As propostas devem incluir contratação de ambulâncias, médicos, disposição de ambulantes, fixação de gradis e banheiros químicos, por exemplo. A organização e o patrocínio para o desfile ficarão inteiramente por conta dos blocos.

“Não temos objeção [aos blocos] desde que seja garantida segurança: a PM precisa concordar, precisa de ambulância, médico, primeiros-socorros, áreas de fuga, banheiros etc”, explica o prefeito.

A prefeitura já esclareceu que não tem tempo para organizar a festa de rua – que foi cancelada em janeiro por causa da variante Ômicron, com a anuência de entidades ligadas ao carnaval de rua.

Em outubro, a prefeitura autorizou a participação de 440 blocos de rua em SP, com patrocínio de 23 milhões de reais de uma empresa. Na época, a expectativa era receber 18 milhões de foliões entre o pré e o pós-Carnaval de fevereiro.

Nunes disse ainda que espera pela prevalência do bom senso, mas que considera possível os blocos se organizarem mais rápido.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Prefeito de SP: Liberação de blocos de Carnaval depende de infraestrutura e segurança no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.