Neto diz por que Abel Ferreira não ganhou prêmio de melhor técnico do Paulistão


Treinador português faturou o seu primeiro Paulistão no último final de semana

Uma das surpresas na cerimônia premiação do Campeonato Paulista promovida pela FPF foi o fato de Rogério Ceni ter superado Abel Ferreira, do Palmeiras, sendo eleito como o treinador do certame na temporada 2022, mesmo tendo ficado com o vice-campeonato, após o 4 a 0 sofrido no confronto de volta, no Allianz.

No programa “Os Donos da Bola” desta terça-feira (5), o ex-jogador opinou que pelo fato do comandante do Palmeiras ter dito na coletiva de ida que o Paulistão estava “inquinado” (manchado, sujo) por conta de polêmica envolvendo a arbitragem, isso foi determinante para que o prêmio não fosse dado para o português.

Sobre a premiação, Neto ainda classificou como uma injustiça o lateral Rodrigo Ferreira, que defendeu o Mirassol no Paulistão, não ter sido escolhido como o melhor na sua posição, e sim Rafinha, do São Paulo. Ferreira, inclusive, diante de todo o protagonismo, foi emprestado ao Grêmio, e disputará a Série B do Brasileirão.

DETALHE REVELADO

De acordo com o jornalista Danilo Lavieri, do UOL Esporte, um fator que contribuiu para a veredicto vitorioso ao comandante do São Paulo foi o fato da votação ter sido encerrada antes mesmo da partida de volta, onde o Palmeiras sobrou no Allianz Parque, em uma remontada histórica.

Diante disso, os escolhidos para votar no melhor técnico analisaram e embasaram suas opiniões até o primeiro jogo da final, qunado o Tricolor bateu o Palmeiras pelo placar de 3 a 1 e abriu uma expressiva vantagem. Os votos, ainda segundo Danilo, começaram a ser dados na semifinal, e a disputa se mostrou bastante equilibrada entre os treinadores.

Neto diz por que Abel Ferreira não ganhou prêmio de melhor técnico do PaulistãoTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.