Fórmula 1: Coulthard aponta principal desafio de Russell na Mercedes F1


Russell é o piloto da Mercedes F1 com mais pontos nesse início de Fórmula 1 em 2022

Mesmo com o mau momento da Mercedes F1, George Russell conseguiu um quarto lugar no Bahrein e um quinto na Arábia Saudita, o que no momento o deixa à frente de Lewis Hamilton na tabela do mundial de pilotos, com valiosos pontos para que a equipe alemã se encontre na vice-liderança do campeonato de construtores da Fórmula 1.

E foi sobre esse bom início de Russell na Mercedes F1 que o ex-piloto e hoje comentarista, David Coulthard, falou em entrevista ao Sunday Mirror. Para o escocês, o novato da equipe alemã tem tudo para ser a “voz” para que o time octacampeão seguido volte às vitórias.

“Fiquei super impressionado. George teve um desempenho de acordo com as minhas expectativas. Para mim, ele é um pacote brilhante e completo. Ele tem velocidade, tem excelentes habilidades de comunicação. Ele é uma versão moderna de um piloto de corrida profissional. Eu pensava isso antes da temporada começar e não vi nada para mudar de ideia desde então.” – disse Coulthard, que falou sobre a pressão que Russell está passando por guiar uma equipe de ponta como a Mercedes F1.

“Ele foi brilhante com a Williams. Isso o levou a ser cortejado pela Mercedes, como todos sabem. O período de “lua de mel” onde você não pode fazer nada de errado muda rápido, especialmente quando há uma expectativa que, dado o carro que você está pilotando, deveria ficar no Top 3.” – afirmou o ex-Fórmula 1, que finalizou dizendo que Russell só não foi melhor porque Ferrari e Red Bull F1 estão em outro patamar.

“O que realmente aconteceu é que, a Ferrari e a Red Bull vieram voando este ano e alguns podem acabar julgando as primeiras corridas de George de forma que não superou as expectativas. Eu não concordaria com isso. Acho que ele lidou bem com o carro e com a situação. Você só pode pilotar o carro que recebeu. Seu próximo trabalho, junto com Lewis Hamilton, é ser a voz que permite que a Mercedes desenvolva um carro vencedor.” – concluiu Coulthard.

Quando a Fórmula 1 retornará?

Depois da segunda corrida da temporada com a vitória de Max Verstappen, o circo da Fórmula 1 volta a se reunir no próximo fim de semana nos dias 07, 08, 09 e 10, para o GP da Austrália, que será realizado no circuito de Albert Park em Melbourne. A largada está marcada para a madrugada de sábado para domingo, às 2h (de Brasília), e será transmitida pela TV Bandeirantes.

Fórmula 1: Coulthard aponta principal desafio de Russell na Mercedes F1Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.