Conselho do Cruzeiro aprova pedidos de Ronaldo para compra da SAF


Mais um capítulo da tentativa de reconstruir o Cruzeiro foi escrito na noite da última segunda-feira, 4. Em evento realizado no parque esportivo de Barro Preto, bairro de Belo Horizonte, uma votação aberta entre os conselheiros teve liminar para derrubar a sessão e causou um atraso de quatro horas. No entanto, ao fim, foram aprovadas as condições impostas por Ronaldo para concretizar a compra de 90% da SAF do Cruzeiro. O ex-jogador ainda fez um discurso que comoveu a torcida.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Foi aprovada a passagem dos centros de treinamento Toca I e Toca II para a SAF, como garantia para o processo de quitação de dívidas. Uma possível venda dos imóveis precisa ser dividida igualmente entre associação e sociedade anônima. Junto aos acordos, admitiu-se um pedido de Recuperação Judicial do clube, que em 2022 disputará a Série B do Brasileirão pelo terceiro ano seguido.

Enquanto a liminar para o adiamento da sessão estava ativo, o novo dono do clube não apareceu na reunião, mas quando chegou, precisou driblar conselheiros que pediam fotos. No entanto, o desfecho foi vantajoso para o empresário, que deve assinar e concretizar a compra até o próximo dia 18.

Para encerrar a sessão, Ronaldo discursou e animou cruzeirenses nas redes sociais: “Temos muito trabalho pela frente e eu tenho muito entusiasmo e muita confiança para a gente voltar o que era antes. Portanto, de agora em diante, eu peço a todos: só existe um Cruzeiro, não existe SAF ou associação. Vamos para cima do nosso objetivo, voltar à elite do futebol brasileiro. Seremos gigantes novamente. Vocês têm o meu compromisso.”

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.