STF analisa nesta terça a liminar que prorroga suspensão dos despejos até junho


O Supremo Tribunal Federal analisa, nesta terça-feira (5), a partir da 0h, o julgamento da decisão liminar (provisória) do ministro Luís Roberto Barroso que prorrogou a suspensão dos despejos e remoções forçadas até junho de 2022.

A decisão foi motivada pela pandemia da Covid-19 e seus efeitos na economia. Na última semana, Barroso prorrogou o prazo – que terminaria no dia 31 de março.

O julgamento da decisão será pelo plenário virtual extraordinário do Supremo (modelo de julgamento em que ministros registram os votos no sistema do STF, sem que haja uma sessão para a leitura individual de cada voto). Os ministros têm até as 23h59 de quarta-feira (6) para registrarem seus votos no sistema do Supremo.

Este conteúdo foi originalmente publicado em STF analisa nesta terça a liminar que prorroga suspensão dos despejos até junho no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.