Novos ares? Quatro clubes monitoram situação de Neymar no PSG


Portais afirmam que Neymar é um jogador negociável para o PSG e gigantes da Europa monitoram a situação do craque brasileiro

A fase de Neymar no PSG não é das melhores e, apesar das boas aparições recentes, diversos portais de notícia trazem a informação de que o jogador pode deixar Paris no meio do ano na janela de transferências.

Com isso, de acordo com o portal Fichajes.net, o atleta estaria no radar de quatro clubes gigantes da Europa e poderia atuar na próxima temporada na Alemanha, Itália ou Inglaterra. A publicação afirma que o atacante brasileiro estaria sendo monitorado por quatro equipes e, caso o PSG sinalizasse que não permaneceria com o jogador, essas equipes poderiam avançar com propostas para contar com o camisa 10 da seleção brasileira.

As equipes interessadas em Neymar são: Manchester United e Manchester City, da Inglaterra, Juventus, da Itália e Bayern de Munique, da Alemanha. Além desses quatro clubes, o Barcelona ainda conta com um olhar diferente para o craque brasileiro.

O ano de 2022 é importante para a carreira de Neymar, não só no PSG, mas com a camisa da seleção brasileira, por se tratar de um ano de Copa do Mundo e, de acordo com o próprio jogador, a sua última com a camisa amarelinha.

Juventus quer tirar Neymar do PSG e tem “armas” para isso

Entre os clubes interessados em contratar Neymar, a Juventus é uma das que apresenta as melhores “armas” para negociar com o jogador brasileiro. O primeiro ponto é a saída de Dybala e, com isso, a possibilidade de pagar um bom salário ao atacante brasileiro.

Além disso, Neymar chegaria ao clube italiano com status de estrela do time e seria o “par perfeito”, aos olhos da diretoria do clube italiano, para o atacante Vlahovic, contratado recentemente pela Juve na última janela de transferências da Europa.

Novos ares? Quatro clubes monitoram situação de Neymar no PSGTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.