Falta de Danilo? Veja o motivo de Raphael Claus não ter anulado gol do Palmeiras na final do Paulista


Árbitro reviu a jogada, mas considerou que o volante do Palmeiras não cometeu falta em Calleri

Assim como o primeiro jogo, a partida decisiva entre Palmeiras x São Paulo contou com polêmica. Após Raphael Claus não marcar pênalti em lance envolvendo Éder, o VAR foi acionado em jogada do gol marcado por Zé Rafael. Antes do volante balançar as redes, o Tricolor reclamou de falta em Calleri, já que ambos disputaram a bola, com o argentino sendo atingido.

Apesar do contato entre os atletas, Raphael Claus acredita que a briga pela posse de bola foi leal e não contou com nenhuma irregularidade Dessa forma, o árbitro optou por validar o gol do Palmeiras, fazendo explodir o Allianz Parque, que mais tarde iria comemorar o título do Alviverde.

“Não é contato lateral, é um pisão no pé do jogador verde no jogador vermelho. Sugiro revisão para possível falta no início da app (termo sobre a posse de bola em fase de ataque)”, informou o árbitro de vídeo.

“Disputa de bola. Para mim, foi acidental. Os dois disputam a bola. Ninguém joga a bola, o pé passa no vazio. Os dois passam pelo vazio. Vou manter o gol. Os dois buscam a bola, tem um contato, mas ninguém joga a bola. Vou manter o gol”, respondeu Claus, que não ficou convencido sobre a falta cometida por Danilo.

Sobre o possível pênalti para o Palmeiras, Raphael Claus afirmou que o braço de Éder ficou colado ao corpo. No primeiro jogo, em lance semelhante com Marcos Rocha, o São Paulo teve penalidade assinalada, algo que revoltou o Verdão.

“Pra mim está com o braço colocado. Posição natural. Vou manter a decisão, é escanteio. Braço colado, não amplia espaço corporal”, disse o árbitro.

Falta de Danilo? Veja o motivo de Raphael Claus não ter anulado gol do Palmeiras na final do PaulistaTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.