Grammy Awards: quem pode votar e como é o processo de escolha do vencedor


Uma série de passos precede a noite mais importante da música. O Grammy é o único prêmio reconhecido por profissionais da indústria fonográfica, como compositores, cantores, engenheiros de som e mixagem e produtores.

Mas afinal, quem são os membros do Grammy? A Academia, como tal, tem três tipos de membros: Membro votante
Membro profissional e Membro do Grammy.

Os eleitores são responsáveis ​​por escolher quem são os indicados e os possíveis vencedores em cada uma de suas 86 categorias.

Os membros votantes incluem, de acordo com o Grammy, “artistas, compositores, produtores, engenheiros, instrumentistas e qualquer outro membro da indústria fonográfica”.

Para fazer parte desse seleto grupo é preciso uma recomendação de dois profissionais de peso do setor. Além disso, a Academia exige comprovação de carreira focada na indústria da música, ou seja, indicações e prêmios, presença on-line estabelecida, entrevistas, informações de representantes, publicitários, entre outros.

E, para completar, a pessoa que faz parte da Academia deve ter pelo menos 12 singles distribuídos comercialmente e com créditos verificáveis. Esses créditos, dizem os organizadores, devem ser válidos por cinco anos a partir do momento em que se candidata à Academia.

Como é o processo de votação?

Para escolher os indicados e vencedores do Grammy, os membros votantes devem ter status ativo na Academia.

Um comitê seleto é responsável por analisar as inscrições enviadas para as 86 categorias e organizá-las.

Existem três grupos, para explicar de alguma forma, nos quais os Grammys dividem esse processo de organização. Os trabalhos são enviados aos membros que votam em gêneros específicos, ou seja: alternativo, pop, R&B, rap, rock etc.

Um segundo grupo de membros é responsável por avaliar os trabalhos de composição, arranjo, engenharia e produtor do ano.

E um terceiro grupo se encarrega de avaliar as obras classificadas pela Academia como: áudio imersivo, embalagem, gravação remixada, histórico, notas do álbum.

É neste momento que se realiza o primeiro turno de votação, pois é no primeiro grupo desse processo que são escolhidos os indicados.

Para o segundo e terceiro grupos, após o primeiro turno de votação, essas avaliações vão para uma comissão de profissionais que são os que escolhem os indicados finais.

Apenas membros com experiência em gêneros e categorias específicos votam em indicados nessas categorias, diz o Grammy.

O anúncio dos indicados e vencedores

Após a primeira rodada de votação, a Academia anuncia os indicados aos prêmios. Isto é seguido por uma segunda e última rodada de votação onde o vencedor de cada uma das categorias é escolhido.

Os membros da Academia podem votar em até 10 categorias, segundo o Grammy, em três campos diferentes. Além disso, eles podem votar na categoria geral, onde as quatro categorias mais importantes da noite são: gravação do ano, música do ano, álbum do ano e artista revelação.

Uma vez realizada a segunda rodada de votação, esses resultados são computados pela empresa independente Deloitte Touche Tohmatsu.

O vencedor é aquele com mais votos na categoria. Pode haver empates e, neste caso, aqueles com maior pontuação são considerados os vencedores daquela categoria.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Grammy Awards: quem pode votar e como é o processo de escolha do vencedor no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.