Laudo final aponta que Paulinha Abelha morreu por infecção no sistema nervoso


Paulinha Abelha, cantora de forró da banda Calcinha Preta, morreu por infecção no sistema nervoso, conforme aponta o laudo definitivo finalizado nesta quinta-feira (31). A artista faleceu em 23 de fevereiro deste ano, aos 43 anos, após passar seis dias internada.

O Hospital Primavera, de Aracaju (SE), confirmou na ocasião que Paulinha faleceu em decorrência de um quadro de comprometimento multissistêmico. O marido da cantora, Cleverton Venâncio Santos, solicitou um parecer médico especializado para apurar as causas da internação e morte da esposa.

Segundo o laudo, as lesões renais apresentadas pela paciente não possuem relação com uso de medicamentos.

”Baseado nos documentos médicos analisados, a lesão hepática não possui nexo causal com os medicamentos prescritos. Exames realizados (Liquor) evidenciam uma infecção em Sistema Nervoso Central, com a celularidade demonstrando a hipótese diagnóstica de uma Meningite”, diz o documento.

O laudo também destaca que “os medicamentos prescritos […] não causaram lesões e/ou intoxicação na paciente, ou seja, não existe nexo causal entre os medicamentos prescritos e o evento óbito. Não há elementos para concluir que uma intoxicação alimentar desencadeou a patologia da paciente, porém, intoxicações alimentares podem causar lesões renal, hepática e cerebral, culminando em alguns casos com o óbito do paciente dependendo da gravidade da doença e a virulência do agente patológico”.

Conforme o laudo médico especializado, não há elementos para estabelecer se a procura antecipada por atendimento médico neste caso poderia conter a evolução da doença. Entretanto, o documento ressalta a importância da procura rápida por atendimento médico, que é na maioria dos casos o ideal para obter sucesso em um tratamento.

“Porém, a evolução da patologia apresentada pela paciente foi rápida e incontrolável evoluindo ao óbito. O óbito da paciente ocorreu devido a um processo infeccioso no Sistema Nervoso Central, conforme consta na Certidão de Óbito, e não decorrente de Intoxicação Exógena medicamentosa”, conclui o parecer médico.

Repercussão da morte

Em suas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro (PL) escreveu que “nosso forró sente hoje uma grande perda com o passamento da cantora Paulinha Abelha, um dos grandes nomes da lendária banda Calcinha Preta. Nossos votos de pesar e solidariedade aos familiares, amigos e fãs da cantora. Que Deus conforte o coração de todos com seu infinito amor!”

O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PDT), também publicou mensagem lamentando a morte da cantora. “Com muito pesar e tristeza, sentimentos que tomam conta de todos nós neste momento, lamento o falecimento da cantora Paulinha Abelha. Meus sentimentos aos familiares, amigos, companheiros de banda e a todos os fãs. Que Deus conforte os corações! Cantora sergipana, de grande talento e enorme sucesso em todo o país com a banda Calcinha Preta, Paulinha deixa um legado no forró, com sua voz marcante e seu jeito único de interpretar as músicas que emocionaram e fizeram a alegria de milhares de fãs”, escreveu.

O escritor e dramaturgo Walcyr Carrasco também lamentou a morte da cantora. “Infelizmente perdemos mais uma grande artista. 2022 não tem facilitado a nossa felicidade. Deixo aqui meus sentimentos para os familiares e amigos da cantora Paulinha Abelha, vocalista do Calcinha Preta.”

A também cantora Joelma publicou uma mensagem emocionada de pesar. “Paulinha, sua voz, seu sorriso, sua alegria, sua luz, sua amizade e seu carinho sempre comigo…tudo isso ficará guardado eternamente na minha memória e no meu coração. Descanse nos braços do Pai minha amiga” Meus sentimentos aos familiares, amigos, fãs e a família @calcinhapreta.”

A cantora Gaby Amarantos escreveu: “Paulinha vc fez muita gente girar calcinha preta no dedo pro ar, e alegrou multidões com sua alegria e sensualidade. Obrigada cantora!!!”

Este conteúdo foi originalmente publicado em Laudo final aponta que Paulinha Abelha morreu por infecção no sistema nervoso no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.