Presidente revela prazo para Cruzeiro pagar dívidas


Raposa espera mudanças em SAF para delinear planejamento para quitar débitos do clube; mandatário alega ‘não ter recursos’ para prazo de dez anos

Dentre todos os problemas que o Cruzeiro precisa decidir para seu futuro, um deles é o pagamento das dívidas mantidas pelo clube. Algo que depende da aprovação do Conselho Deliberativo sobre as mudanças que Ronaldo pede para a SAF cruzeirense.

No pedido feito pelo acionista majoritário do futebol, o Fenômeno assumiria as dívidas tributárias do clube (estas estas estimadas em R$ 200 milhões) e as outras, de ordem cível ou trabalhista, teriam que ser resolvidas através da entrada da Raposa em recuperação judicial ou extrajudicial. Em troca, a empresa que faz a gestão do futebol teria para si as propriedades das Tocas da Raposa I e II.

O presidente do clube, Sérgio Santos Rodrigues, falou ao GE sobre o assunto e afirmou estar otimista na aprovação da alteração do contrato da SAF. E afirmou que tal acerto poderia estipular um prazo de até oito anos para que todos os débitos do clube sejam quitados, ao invés de dez, por não haver recursos para tal acordo.

“Em relação à recuperação, ficou claro através de cálculos e projeções que dá uma segurança jurídica maior para poder fazer o parcelamento das dívidas. Pelas projeções que temos, se fosse para o RCE, o Regime Centralizado de Execuções, em dez anos, a gente não teria como pagar as contas. Pela recuperação, pelos cálculos que a gente fez, de maneira muito direta, mas claro que a gente pode melhorar isso em muitos cenários, temos uma previsão tranquila de, em oito anos, quitar as dívidas com o planejamento que foi feito”, afirmou Rodrigues.

Na análise feita pelo presidente, o Cruzeiro tem 40% de suas dívidas de ordem tributária, o que faria com que a mudança no contrato venda da SAF proposto por Ronaldo fosse vantajoso para o clube, em sua opinião. Rodrigues argumenta que a situação faria com que grande parte dos débitos seja encerrada rapidamente para dar mais tranquilidade ao clube.

“A gente só submeteu isso depois de muita negociação. Teve muitos pontos que foram apresentados e aos quais não concordamos e que eles toparam retirar até chegar à modelagem final. A partir de um momento em que uma empresa estrutura, o Ronaldo, com todo esse ‘background’ que vai trazer recursos para o Cruzeiro, ele falar ‘não, eu garanto que eu pago’, acho que todo mundo tem que estar feliz porque estou dizendo que estamos eliminando 40% da dívida do clube pagando ela agora”, declarou.

Presidente revela prazo para Cruzeiro pagar dívidasTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.