Tite se pronuncia sobre possível acerto com o Arsenal e manda recado para Arteta


Treinador negou que tenha conversas para trabalhar no clube inglês após deixar a seleção brasileira

Como o fim da sua trajetória na seleção brasileira está marcado, Tite passou a ser especulado para trabalhar no Arsenal. De acordo com o repórter Eric Faria, durante transmissão da Globo, o técnico abriu conversas com o clube inglês, que atualmente possui Arteta no comando. Sendo assim, em entrevista coletiva, o comandante da seleção brasileira negou as tratativas, e se mostrou triste com o que foi informado.

“O meu sentimento é de tristeza. Eu fico triste. Fico triste porque a informação passada para o público é mentira. A informação é mentira. E as pessoas que eu represento e se sentem identificadas comigo fiquem tranquilas, porque o Tite tem conduta pessoal, valoriza sua atividade profissional e sabe da responsabilidade da seleção brasileira”, afirmou.

Seguindo com seu discurso, Tite fez questão de se desculpar com o Arsenal e Arteta. Citando que o rumor não partiu do seu estafe, que segue sem receber contato dos Gunners, o técnico garantiu estar totalmente focado na Copa do Mundo.

“Desculpa, Arsenal. Desculpa, Arteta. Não foi essa situação. Não partiu de nós. Não tem, não tem absolutamente nada. Nenhuma pessoa ligada a mim, Gilmar Veloz (empresário de Tite) (…) No momento de fake news tão grande, de informações que não são verdadeiras, me entristece (…) A minha palavra de honra é que não há, nem de mim e do Gilmar, que pode falar a esse respeito. Minha esposa, fique tranquila. Miro, meus irmãos, fiquem tranquilos, que teu irmão tem dignidade naquilo que faz, respeito muito grande a estar técnico da seleção e à competição, ao Mundial, que é o que mais importa“, completou.

SUCESSOR DE TITE

Recentemente, Tite se manifestou sobre a possibilidade de Guardiola assumir a seleção brasileira. Elogiando outros treinadores estrangeiros, o treinador acredita que o profissional escolhido pela CBF será capaz de realizar um bom trabalho no cargo.

“Guardiola é extraordinário. Mas não tem só ele e não tem só a seleção brasileira, talvez a espanhola o queira, outros mais. É top, de alto nível. Ele, Ancelotti e Klopp com características, estilos diferentes, mas representam a essência do futebol, em clubes. Em relação à seleção é diferente o trabalho do que se realiza em clubes. Mas prefiro não olhar nacionalidade, mas qualidade de grandes técnicos”, disse. programa “Último Lance”, da TNT Sports.

Tite se pronuncia sobre possível acerto com o Arsenal e manda recado para ArtetaTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.