Palmeiras diz que jogará final do Paulista no Allianz e alfineta Casares


O Palmeiras informou, por meio de seu perfil oficial no Twitter, que conseguiu liberação junto à construtora WTorre, responsável por gerir o Allianz Parque em dias sem jogos, para que a final do Campeonato Paulista contra o São Paulo seja disputada no estádio no próximo domingo, 3, como o clube desejava. A realização da partida decisiva no local estava em risco por conta de um show da banda Maroon 5 na terça-feira, 5, dois dias depois.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

“Dono da melhor campanha geral e único invicto da competição, o clube exercerá assim o direito, conquistado dentro de campo e consagrado pelo regulamento, de decidir o título em sua casa e com o apoio de sua torcida”, escreveu o Palmeiras na rede social.

O anúncio contou ainda com uma alfinetada no presidente do São Paulo, Julio Casares, que se negava a antecipar a partida para sábado e fazia pressão nos bastidores para que o jogo fosse disputado em outro estádio.

“Trabalhamos intensamente para que o nosso direito fosse respeitado. Nunca vamos nos sujeitar à pressão de terceiros. Se quisermos melhorar o futebol brasileiro e criar uma liga forte, precisamos de união entre os clubes. Não podemos mais aceitar que os nossos dirigentes continuem a adotar posturas individualistas”, disse a presidente palmeirense Leila Pereira.

Desta forma, os dias e locais dos dois jogos da decisão do Paulista estão confirmados. A ida acontece nesta quarta-feira, 30, às 21h40 (de Brasília), no Morumbi. Já a volta está mantida para o Allianz Parque, no domingo, 3, com horário ainda a ser anunciado pela Federação Paulista de Futebol.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.