Papa alerta sobre ameaça de conflito global provocado por guerra na Ucrânia


A ameaça de um conflito global desencadeado pela invasão da Ucrânia pela Rússia precisa convencer a todos de que chegou a hora de a humanidade abolir a guerra antes que ela acabe com a humanidade, disse o papa Francisco neste domingo (27).

“Mais de um mês se passou desde a invasão da Ucrânia, desde o início desta guerra cruel e sem sentido, que, como toda guerra, é uma derrota para todo mundo, para todos nós”, disse ele a milhares de pessoas na Praça de São Pedro, durante sua bênção dominical.

“Temos que repudiar a guerra, um lugar de morte onde pais e mães enterram seus filhos, onde homens matam seus irmãos sem sequer vê-los, onde os poderosos decidem e os pobres morrem”, acrescentou.

A guerra na Ucrânia está destruindo o futuro do país, disse ele, citando a estatística de que metade das crianças da Ucrânia teve que fugir do país.

“Essa é a bestialidade da guerra, algo que é bárbaro e um sacrilégio”, disse ele, incentivando seus ouvintes a não considerar a guerra como inevitável ou algo com que se acostumar.

“Se sairmos disto [guerra] da mesma forma como éramos antes, nós todos seremos de alguma maneira culpados. Diante do perigo da autodestruição, a humanidade precisa entender que chegou a hora de abolir a guerra, de cancelá-la da história do homem antes que ela cancele o homem da história”, disse ele.

Desde que a Rússia invadiu seu vizinho, em 24 de fevereiro, o papa Francisco tem falado diversas vezes sobre um possível conflito nuclear.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Papa alerta sobre ameaça de conflito global provocado por guerra na Ucrânia no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.