Presidente do México diz desconhecer presença de agentes russos no país


O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, disse na sexta-feira (25) que seu governo não tem informações sobre nenhum agente russo baseado no país, após comentários de um general dos Estados Unidos.

Na quinta-feira, o general Glen VanHerck disse em uma audiência no Senado que “a maior parte dos membros do GRU (sigla como é conhecido o Departamento Central de Inteligência da Rússia) está no México agora, funcionários da inteligência russa que estariam de olho em oportunidades de influências e acesso aos EUA”.

López Obrador respondeu: “Não temos informações sobre isso e não impedimos que nenhum estrangeiro que queira exercer atividades legais no país o faça. “É uma declaração, não vamos questionar nada, respeitamos a livre expressão de ideias, o México é um país livre, independente e soberano, deve ser conhecido porque às vezes parece que não é compreendido o suficiente. Envie-lhes telegramas informando que o México não é colônia de nenhum país estrangeiro”, disse.

“Temos uma política de não intervenção, não vamos a Moscou espionar ninguém, nem a Pequim, nem a Washington, nem mesmo a Los Angeles, não nos envolvemos nisso”, acrescentou o presidente mexicano.

A CNN solicitou comentários da Embaixada da Rússia no México, mas ainda não recebeu uma resposta.

A agência de espionagem GRU da Rússia – formalmente conhecida como Diretoria Principal do Estado-Maior – há muito é acusada pelo Ocidente de orquestrar ataques descarados e de alto perfil, incluindo o hacking de contas de e-mail do Partido Democrata durante a eleição presidencial dos EUA de 2016 e o Ataque com agente nervoso em 2018 em Salisbury, Inglaterra.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Presidente do México diz desconhecer presença de agentes russos no país no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.