Galvão Bueno diz que não vai mais narrar na Globo depois da Copa do Mundo


O narrador Galvão Bueno afirmou nesta quinta-feira, 24, em entrevista ao jornal “O Globo”, que não vai mais trabalhar na TV Globo após a Copa do Mundo do Catar, que acontece entre novembro e dezembro deste ano. Com contrato até o fim de 2022 com a emissora, ele afirmou que não vai renovar o vínculo para TV aberta, mas que ambas as partes estão de portas abertas para novas parcerias, especialmente em plataformas digitais.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Em publicação no Twitter, Galvão disse que o jogo entre Brasil e Chile, às 20h30 desta quinta, pelas Eliminatórias da Copa, será seu último cobrindo a equipe no Maracanã pela TV. “Jogo de despedidas. Último jogo da seleção no Brasil antes da Copa! Último jogo de Tite no Brasil como técnico da seleção! Meu último jogo da seleção no Maracanã em televisão!”, escreveu o narrador, em postagem que ultrapassou as 30 mil curtidas.

Essa não é a primeira vez que Galvão, 71 anos, indica que vai parar de narrar a seleção. Já depois da final do Mundial de 2018, em que a França venceu a Croácia por 4 a 2, ele afirmou que aquela provavelmente seria sua última Copa. Dois anos depois, em 2020, disse em entrevista ao programa “Altas Horas”, da Globo, que não sabia se trabalharia na edição de 2022. O narrador está na Globo há 41 anos.

Como escreveu Galvão no Twitter, o jogo entre Brasil e Chile no Maracanã marca a despedida da seleção de Tite do território nacional antes da Copa do Mundo. O time fecha as Eliminatórias contra a Bolívia, em La Paz, na próxima terça, 29. Depois, fará apenas amistosos – e talvez precise jogar a partida adiada contra a Argentina, que foi interrompida por fiscais da Anvisa em setembro -, mas fora do país.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.