Show da Ferrari, drama da Red Bull, Hamilton desabafa e FIA admite erro: as notícias da Fórmula 1 no final de semana


Torcedores.com traz tudo que foi destaque na F1 nas movimentações do primeiro final de semana com prova na categoria

A temporada 2022 da Fórmula 1 começou a todo vapor e promete fortes emoções. Diante do novo regulamento e adaptação das equipes, o cenário de equilíbrio, possíveis surpresas e uma retomada da Ferrari parecem ser realidades; confira abaixo tudo que rolou nos últimos dias.

Emocionante, assim foi o GP do Bahrein. Pole na primeira corrida da F1 na temporada, Charles Leclerc protagonizou alguns duelos quentes com o atual campeão Max Verstappen, com trocas de posições relâmpagos, mas sempre com o piloto da Ferrari conseguindo defender a liderança. Já no final da corrida, Verstappen teve problemas no carro e abandonou a prova, permitindo assim a dobradinha da Ferrari, com Carlos Sainz, em segundo.

Para fechar o drama total para a RBR, Sergio Perez também teve problemas, girou na pista, e foi mais cedo para os boxes, abandonando na penúltima volta. Hamilton, que vinha logo atrás se aproveitou e fechou o pódio da primeira prova na temporada.

Antes da corrida no Bahrein, Lewis Hamilton manifestou mais um vez a preocupação acerca do carro da Mercedes para 2022. Na visão do britânico heptacampeão da Fórmula 1, a sua escuderia está atrás de quatro rivais no grid, e precisará trabalhar muito.

“Fizemos algum progresso na solução de alguns problemas, mas o ritmo simplesmente não estava lá. Precisamos entender por que estamos lutando com o carro”, acrescentou o britânico. Vocês podem ver que não estamos blefando como era antes e com as pessoas supõem que estamos fazendo. É isso. Vamos trabalhar o máximo que pudermos”, finalizou.

Terceiro colocado na prova, Hamilton celebrou o pódio, mas voltou a discursar na necessidade de melhora. O astro ainda fez questão de parabenizar a dobradinha da Ferrari.

FIA irá nomear novo diretor esportivo para a Fórmula 1

Depois de sucessivas polêmicas na última temporada da F1, a FIA anunciou que nomeará um novo diretor esportivo para a categoria. O profissional terá a missão de supervisionar o regulamento.

Essa movimentação da FIA para fechar um novo diretor esportivo se deu horas depois da entidade divulgar o resumo dos relatos de investigação sobre o polêmico GP de Yas Marina, na temporada 2021, onde Lewis Hamilton e Mercedes se revoltaram com o posicionamento de Michael Masi, na utilização do safety-car, que acabou culminando no título de Verstappen.

Nos relatórios, a FIA constatou erro de Masi, na época diretor de provas, destacando que o profissional errou em não aplicar pelo menos dois artigos do regulamento esportivo, mas a investigação concluiu que a falha se deu por “erro humano” e que ele agiu de “boa fé”.

Show da Ferrari, drama da Red Bull, Hamilton desabafa e FIA admite erro: as notícias da Fórmula 1 no final de semanaTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.