Como a cerveja ajudou a tornar o Borussia Dortmund um dos maiores times do mundo


História dos aurinegros é marcada pela presença da bebida

Muitos dos principais palcos do futebol têm uma relação especial com a cerveja. Um parece ser o complemento perfeito para o outro, em especial para os torcedores, ou até para os jogadores — depois da partida, é claro. A Alemanha é um desses lugares.

Quem já viu as comemorações de títulos, regadas à cerveja nas arquibancadas e no campo, sabe do que falamos. O Bayern de Munique, por exemplo, que tem monopolizado essa comemoração, faz até questão de ter seus jogadores mais chegados na “loura” na tradicionalíssima Oktoberfest da Baviera.

Só que, rivalidades à parte, é difícil bater a relação do Borussia Dortmund com a bebida. Isso porque ela está no dia a dia do clube, e para além das comemorações no campo. Para começar, nos negócios: as marcas Brinkhoff’s e Würenbacher são parceiras, a primeira desde 2008 e com tudo acertado para até pelo menos 2028.

Além disso, os aurinegros se orgulham de ter uma das mais baratas cervejas do futebol alemão no Signal Iduna Park, seu estádio. Uma visita ao site do Borussia revela que são inclusive comuns promoções de cervejas para as mais diversas ocasiões.

Cerveja na história do Borussia Dortmund

Mas a relação do Borussia Dortmund com a cerveja vai mais fundo. Além do clube, a bebida é historicamente ligada à cidade de Dortmund. Esta já chegou a ser considerada como a “capital da cerveja”. Quem fala isso é Josef Schnek, jornalista aposentado, morador do local e que foi por mais de 15  anos o chefe de comunicação do time.

Josef é um dos personagens principais do quarto episódio da segunda temporada de “BVB 09 Stories — Who We Are”, série documental produzida pelo Borussia e trazida aqui com exclusividade — e o melhor, na íntegra e na faixa — pelos nossos parceiros da OneFootball.

Depois de falar sobre o clube, o elenco e os desafios enfrentados na pandemia, o seriado olha para a cidade que abriga os aurinegros. Para tal, usa de uma perspectiva histórica e de um personagem inusitado: o lateral Thomas Meunier, que vai para seu segundo ano completo na Alemanha.

O ala ex-PSG visita locais históricos, enquanto Josef explica nuances da cultura da cidade e do Borussia Dortmund que só alguém com o seu tempo de casa pode saber. Dentre esses detalhes, um dos mais interessantes é como, por exemplo, uma cervejaria ajudou a fundar clube, e como, sem ela, ele talvez não fosse o gigante que conhecemos.

Você pode, claro, conferir tudo no vídeo abaixo, com o quarto capítulo completo de “BVB Stories — Who We Are”. Assista!

Como a cerveja ajudou a tornar o Borussia Dortmund um dos maiores times do mundoTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.