Mais de 59 milhões de brasileiros estão com dose de reforço em atraso, diz Saúde


Mais de 59 milhões de brasileiros aptos a receber a dose de reforço contra a Covid-19 ainda não retornaram aos postos de saúde para receber o imunizante. Os dados são de um levantamento divulgado nesta sexta-feira (18) pelo Ministério da Saúde.

Entre os estados com as maiores lacunas na imunização de reforço estão São Paulo, com 15,7 milhões de atrasados; Minas Gerais com 5,3 milhões; Rio de Janeiro, com 4,9 milhões; Paraná, com 3 milhões e Bahia, com 3,6 milhões.

De acordo com o ministério, 62,3 milhões de brasileiros tomaram a dose de reforço em todo o país até o momento. O índice equivale a uma cobertura vacinal de 39% da população acima de 18 anos, único público apto a receber a dose de reforço.

O Brasil apresenta tendência de queda nos indicadores da pandemia, sendo de 32% na média móvel de casos e de 29% na média móvel de mortes, em comparação com os últimos 14 dias. Atualmente, 91% da população acima de 12 anos tomou a primeira dose da vacina, 84,4% desse mesmo público já completou o esquema vacinal.

Flexibilização do uso de máscaras

Ao menos 16 estados e o Distrito Federal já tornaram o uso de máscara facultativo, segundo um levantamento feito pela CNN.

De acordo com o levantamento, oito estados e o Distrito Federal flexibilizaram o uso da proteção facial em lugares abertos e fechados: Rio de Janeiro, Santa Catarina, Mato Grosso, Minas Gerais, Rondônia, Alagoas, Maranhão, São Paulo e o Distrito Federal.

Outros oito estados desobrigaram o uso apenas em lugares abertos: Mato Grosso do Sul, Goiás, Amazonas, Espírito Santo, Rio Grande do Norte, Acre, Paraná e Rio Grande do Sul.

Sergipe aguarda votação sobre o assunto em assembleia e a Bahia informou que pode desobrigar o uso em abril. Com as atualizações, o uso de máscaras em qualquer ambiente segue obrigatório em: Sergipe, Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Roraima, Tocantins, Amapá e Pará.

(Com informações de Ingrid Oliveira, Giulia Alecrim, Giovanna Bronze e Danilo Moliterno, da CNN)

Cuidados básicos ajudam a prevenir a Covid-19

Este conteúdo foi originalmente publicado em Mais de 59 milhões de brasileiros estão com dose de reforço em atraso, diz Saúde no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.