Exigência do passaporte da vacina será discutida, diz Jean Gorinchteyn


A exigência do passaporte da vacina contra a Covid-19 para entrada em alguns locais, como teatros e cinemas, será discutida pelo Centro de Contingência, afirmou Jean Gorinchteyn, secretário de Saúde do Estado de São Paulo em entrevista à CNN nesta quinta-feira (17).

“Estamos analisando alguns eventos em que se exigia o passaporte da vacina. Será discutido pelo Centro de Contingência, uma vez que, neste momento, atingimos uma vacinação muito mais plena”, afirmou.

Mais cedo, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras em locais fechados. Apenas no transporte público e centros de saúde ainda é necessária a utilização do protetor facial.

Gorinchteyn explicou durante a entrevista que o avanço da vacinação e controle da pandemia embasaram a decisão do governo – o que também foi dito por Doria em entrevista à CNN logo após a liberação.

Segundo o secretário, 90% da população elegível (acima de 5 anos) recebeu duas doses de imunizantes e 75% deste grupo está com a terceira dose. Quanto às crianças entre 5 e 11 anos, 73% recebeu a primeira aplicação.

Além disso, houve uma “queda progressiva” no número de internações. “Desde 29 de janeiro, tivemos 76% de queda nas internações”, destacou Jean.

Por fim, o secretário avaliou que o Carnaval não teve o impacto negativo que poderia ter tido.

*veja a entrevista completa no vídeo acima

Este conteúdo foi originalmente publicado em Exigência do passaporte da vacina será discutida, diz Jean Gorinchteyn no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.