Confira quais jogadores dos esportes americanos que, assim como Tom Brady, desistiram da aposentadoria


Veja histórias de oito jogadores famosos que voltaram da aposentadoria nas principais ligas norte-americanas

Com o anúncio de que Tom Brady resolveu voltar para a NFL, nós relembramos casos de outros jogadores importantes dos esportes americanos que também decidiram largar a aposentadoria e retornar à ativa.

Confira a seguir as melhores histórias de atletas que desistiram da aposentadoria e reviveram suas carreiras nas grandes ligas.

Michael Jordan

Embed from Getty Images

Michael Jordan voltou para as quadras não uma, mas duas vezes. Em 1993, após o falecimento de seu pai e depois de ter conquistado o primeiro tricampeonato com os Bulls, Jordan desistiu do basquete e foi jogar beisebol nas ligas menores dos White Sox. Porém, sua passagem pelo esporte não foi muito bem sucedida e, no final de 1995, ele voltou a vestir a camisa do Chicago Bulls, conseguindo mais um tricampeonato da NBA.

Em 1998 ele anunciou mais uma vez sua aposentadoria do basquete. No entanto, Jordan voltou a jogar entre 2001 e 2003, mas dessa vez pelo Washington Wizards. Diferentemente do seu primeiro retorno, a passagem pelo time da capital não foi tão bem sucedida.

Brett Favre

Embed from Getty Images

Uma das desistências de aposentadoria mais famosas na NFL pertence a Brett Favre. Ele pendurou as chuteiras no final da temporada de 2007, aos 38 anos de idade. Pouco tempo depois, Favre decidiu que ainda queria jogar, mas os Packers já estavam comprometidos com Aaron Rodgers. Dessa forma, o QB acabou indo para o New York Jets.

Após um ano em Nova York, Favre se aposentou novamente, o que também não durou muito tempo. Em 2009 e 2010 ele jogou por um dos grandes rivais de Green Bay, o Minnesota Vikings, onde ajudou a levar o time para uma final de conferência.

Gordie Howe

Embed from Getty Images

Gordie Howe, também conhecido como Mr. Hockey, teve uma longa carreira na NHL. Ele jogou por 25 temporadas no Detroit Red Wings, onde conquistou quatro Stanley Cups, quatro Hart Trophies e estabeleceu diversos recordes de pontos marcados (que só foram quebrados por Wayne Gretzky).

Em 1971 ele decidiu se aposentar do esporte e foi trabalhar nos escritórios dos Red Wings. Porém, uma nova liga de hóquei, a WHA, fez um convite irrecusável para que Howe jogasse no Houston Aeros ao lado de seus dois filhos – Mark e Marty. Ele então saiu da aposentadoria e jogou por seis anos na WHA. Howe ainda conseguiu participar de mais uma temporada na NHL, com o Hartford Whalers, antes de se aposentar definitivamente aos 52 anos.

Randall Cunningham

Embed from Getty Images

Depois de dez anos com a equipe, o Philadelphia Eagles decidiu liberar Randall Cunningham em 1995, após uma série de lesões que atrapalharam o desempenho do quarterback. Mesmo com ofertas de outros times da NFL, Cunningham decidiu se aposentar aos 33 anos.

Após um ano como analista na TNT e como dono de uma empresa de granito, ele foi contratado pelos Vikings para ser o QB reserva da equipe, mas acabou assumindo a titularidade. Em 1998, ele teve sua melhor temporada da carreira, ajudando Minnesota a conquistar um recorde de 15-1 e chegar na final de conferência. Cunningham ainda jogou por mais três anos, mas sem conseguir o mesmo desempenho brilhante.

Andy Pettitte

Embed from Getty Images

Andy Pettitte jogou por 16 temporadas na MLB, sendo 13 delas com os Yankees e 3 com os Astros. Nesse período, o arremessador foi peça importante nos cinco títulos de World Series de Nova York. Com o sucesso dos Yankees na pós-temporada, ele chegou a estabelecer alguns recordes dos playoffs, como maior número de vitórias, innings jogados e jogos como titular.

Com 38 anos de idade, ele se aposentou antes da temporada de 2011. No ano seguinte, ele foi convidado para ajudar os Yankees no Spring Training, e foi aí que decidiu que ainda tinha gasolina no tanque para jogar na MLB. Entre 2012 e 2013 ele fez mais 42 partidas na liga, ajudando Nova York a ir a uma final da Liga Americana.

Mario Lemieux

Embed from Getty Images

Um dos jogadores mais bem importantes da história do Pittsburgh Penguins e da NHL, Mario Lemieux conquistou duas Stanley Cups, dois prêmios Conn Smythe e três Hart Trophies em 12 anos na liga. Mas em 1997 o jogador decidiu se aposentar após várias lesões nas costas e uma batalha contra o câncer.

Após três anos sem jogar hóquei e já no Hall da Fama da NHL, Lemieux fez seu retorno ao gelo em dezembro do ano 2000, ajudando Pittsburgh a chegar até a final da conferência. Ele ainda jogou por mais cinco temporadas antes de se aposentar definitivamente e se juntar ao grupo de donos dos Penguins.

Roger Clemens

Embed from Getty Images

Ao se aposentar aos 41 anos de idade, Roger Clemens havia atuado pelos Red Sox, Blue Jays e Yankees, vencendo seis prêmios Cy Young, duas World Series e um prêmio de MVP, além de se estabelecer como um dos melhores arremessadores da história da MLB. No final de 2003, em seu tour de despedida, ele chegou a receber diversas homenagens nos estádios.

Não muito tempo depois, Clemens decidiu voltar para o esporte e assinou um contrato com o Houston Astros em 2004, onde jogou por três temporadas. O arremessador ainda voltou aos Yankees em 2007 antes de se aposentar. Ele finalizou a carreira entre os 10 melhores pitchers em diversas categorias, incluindo quantidade de jogos, vitórias e strikeouts.

Otto Graham

Embed from Getty Images

Uma das maiores histórias de sucesso após voltar da aposentadoria na NFL pertence a Otto Graham. Depois de vencer o título da NFL de 1954 com o Cleveland Browns, em uma vitória impressionante por 56 a 10 sobre o Detroit Lions, Graham anunciou que iria se aposentar.

Porém, os seus substitutos tiveram muitas dificuldades durante a pré-temporada, o que fez com que o técnico Paul Brown implorasse pela sua volta. Ele então se tornou o QB mais bem pago da NFL até aquele momento, recebendo 25 mil dólares (o que equivale a aproximadamente US$ 240 mil hoje). Graham terminou o ano de 1955 com seu terceiro título da NFL e o terceiro prêmio de MVP, e assim se aposentou definitivamente.

Confira quais jogadores dos esportes americanos que, assim como Tom Brady, desistiram da aposentadoriaTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.