Polícia da Itália apreende iate de R$ 3 bilhões de oligarca russo


Autoridades italianas apreenderam o iate do oligarca russo Andrey Melnichenko nesta sexta-feira (11), de acordo com um comunicado da polícia financeira da Itália.

O comunicado informa que o navio – chamado “SY A” – vale cerca de 530 milhões de euros (cerca de R$ 3 bilhões) e estava armazenado no porto de Trieste, no nordeste do país. É um dos maiores iates do mundo, segundo seu fabricante, Nobiskrug.

Melnichenko foi sancionado pela União Europeia em 9 de março como parte das medidas punitivas ampliadas contra os oligarcas russos. De acordo com a UE, ele é dono do produtor de fertilizantes EuroChem Group e da empresa de carvão SUEK.

A decisão do conselho da União, que autorizou sanções contra Melnichenko, afirmou que ele e 36 outros líderes empresariais se reuniram com o presidente russo, Vladimir Putin, após a invasão da Ucrânia começar a discutir o potencial impacto econômico das medidas das nações europeias e dos EUA.

“O fato de ele ter sido convidado a participar desta reunião mostra que ele é um membro do círculo mais próximo de Vladimir Putin e que está apoiando ou implementando ações ou políticas que prejudicam ou ameaçam a integridade territorial, a soberania e independência da Ucrânia, bem como estabilidade e segurança na Ucrânia”, diz a decisão.

“Também mostra que é um dos principais empresários envolvidos em setores econômicos fornecendo uma fonte substancial de receita para o governo da Rússia, que é responsável pela anexação da Crimeia e desestabilização da Ucrânia”, conclui o documento.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Polícia da Itália apreende iate de R$ 3 bilhões de oligarca russo no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.