NFL: Packers assinam extensão contratual de quatro anos com Aaron Rodgers


O bi-MVP consecutivo vai receber 200 milhões de dólares, tornando-se o jogador mais bem pago da história da NFL

Enfim, a novela Aaron Rodgers e Green Bay Packers chegou ao fim.

Nesta terça-feira (8), os Packers e Rodgers chegaram a um acordo e o Quarterback vai ficar mais quatro anos e receber 200 milhões de dólares, incluindo 153 milhões garantidos. Desse modo, Rodgers vai se tornar o jogador mais bem pago da história da NFL. Além disso, o impacto no teto salarial para 2022 foi reduzido.

Os Packers estavam 26 milhões de dólares acima do teto e o acordo existente com Rodgers representava um teto de 46,6 milhões em 2022, fazendo com que a renovação do Wide Receiver Davante Adams fosse um tanto complicada. Agora, com um valor de cap mais baixo, a franquia pode colocar a franchise-tag no recebedor antes do limite de 18h (horário de Brasília) desta terça-feira.



Aaron Rodgers, de 38 anos, foi selecionado na 24º escolha geral do Draft de 2005 pelo Green Bay Packers. Em 2022, Rodgers disputou 16 de 17 partidas na temporada regular, com 4.115 jardas, 37 touchdowns passados e quatro interceptações. Ademais, pelo segundo ano seguido, ele teve o maior Quarterback rating da temporada, com 111,9. Entretanto, nos playoffs, após garantir uma semana de descanso por ter a melhor campanha da Conferência Nacional, os Packers foram eliminados pelo San Francisco 49ers, em casa, na Rodada Divisional.

Em 17 anos de carreira, Rodgers foi eleito para 10 Pro Bowls, quatro All-Pros e MVPs (sendo o vencedor do prêmio nas últimas duas temporadas) e conquistou o Super Bowl XLV, sendo agraciado com o prêmio de Jogador Mais Valioso (MVP) do seu único título.

NFL: Packers assinam extensão contratual de quatro anos com Aaron RodgersTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.