Lolla 2022: hit da internet, Jão revela que “ninguém faz música pensando em viral”


João Vitor Romania pode ser um nome relativamente novo na TV ou nas rádios, mas já é figura frequente na internet. Jão, como é conhecido, acumula milhares de visualizações e fãs nas redes sociais, e ganha cada vez mais projeção – não à toa, com seu álbum de 2021, “Pirata”, ele foi convidado para se apresentar no Lollapalooza 2022.

A prova do crescimento é seu novo hit, “Idiota”: a música já acumula mais de 170 mil usos em vídeos do Tik Tok – o que significa, que 170 mil pessoas usaram a canção como pano de fundo de suas músicas -, e faz parte dos 50 maiores virais do mundo no momento do Spotify.

Para alavancar ainda mais esse sucesso, a canção ganhou um clipe em fevereiro, recheado de referências a filmes com personagens que “amam como idiotas”, combinando com o refrão da música e seus versos sobre desilusão amorosa.

Nele, Jão é Jack congelando no mar em “Titanic” (1997), Ennis junto do seu amado em “O Segredo de Brokeback Mountain” (2005), Patrick cantando Frankie Valli para sua megera em “10 Coisas que Eu Odeio em Você” (1999) e “Peter Parker” beijando Mary Jane de cabeça para baixo.

“Eu sempre quis fazer um clipe mais despretensioso, mais divertido, que eu pudesse ‘performar’ mais, e esses casais nasceram muito relacionados à música, às situações que esses filmes trazem”, disse o cantor em entrevista à CNN, revelando que acredita que o sucesso da canção vem da universalidade da experiência de ter o coração partido.

A estratégia era conquistar o público pelo coração, e deu certo: em apenas um dia do lançamento, o vídeo chegou a 1,2 milhões de visualizações no YouTube – hoje, já são quase 9 milhões.

Jão trouxe referências brasileiras também, e uma ganhou destaque nas redes: ele vestiu um macacão de automobilismo e virou Ayrton Senna, fazendo referência ao relacionamento do piloto com Xuxa. “É a minha cena favorita do clipe”, confessou.

Jão faz referência ao piloto Ayrton Senna e seu relacionamento com a apresentadora Xuxa / Reprodução/Universal Music Brasil

O cantor acredita que toda a repercussão é resultado de um trabalho consistente de crescimento feito por ele e sua equipe, mas afirma que “Idiota” não foi planejada apenas para bombar.

“Eu acho que a gente nunca faz uma música pensando em tornar viral, ou hit, porque isso nunca dá muito certo. Não tem muito o que você consiga fazer para as pessoas viralizarem a sua música no Tik Tok, a não ser elas gostarem da música.”

Com um hit viral e um álbum leve na mochila, Jão vai pisar no palco do Lollapalooza pela primeira vez. Não é o primeiro festival que o artista se apresenta, mas é o maior em dimensão.

“Eu fiquei muito feliz, encantado [com o convite para tocar no Lolla], porque é um festival que eu gosto, que consumo. Os artistas que se apresentam lá sempre são muito incríveis, então poder tocar no palco principal do Lolla para mim é com certeza um dos momentos mais legais até hoje da minha carreira”, disse.

O cantor, que tem uma turnê planejada para 2022, revelou que a preparação para tocar em um festival “é muito diferente” daquela feita para os shows individuais.

“É bem diferente da turnê, porque acho que traz uma carga de conquistar aquelas pessoas também, sabe? Porque parte de quem está ali, não é o meu público. Podem me conhecer, mas não é geralmente só o meu público, então dá um frio na barriga”, afirmou, confessando que costuma ficar nervoso antes dos grandes eventos.

Jão já deixa avisado ao público que ele e sua equipe estão preparando um show especial apenas para o Lollapalooza, e que está ansioso para o dia.

*Sob supervisão.

Esta matéria faz parte de uma série de reportagens que serão produzidas pela CNN e envolvem a primeira edição pós-Covid do Lollapalooza Brasil. Todas as produções poderão ser encontradas clicando aqui.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Lolla 2022: hit da internet, Jão revela que “ninguém faz música pensando em viral” no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.