Ceni destaca entrega do São Paulo e elogia elenco do Corinthians


Em entrevista coletiva após a vitória do São Paulo por 1 a 0 sobre o Corinthians, neste sábado, 5, o técnico Rogério Ceni fez questão de elogiar a entrega de sua equipe e ainda destacou a qualidade técnica do rival, citando os principais nomes do elenco corintiano.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

O gol que definiu o resultado final saiu ainda aos 52 segundos de jogo, quando Calleri recebeu de Nestor dentro da área e mandou para a rede. Com o gol relâmpago e o gramado pesado, o São Paulo jogou de maneira diferente em relação aos últimos jogos, com proposta mais reativa, tendo apenas 31% de posse de bola ao final da partida. A entrega tática foi o ponto de destaque na análise do treinador.

“Foi um jogo bastante pegado. A gente previu um pouco de chuva, mas acabou chovendo mais do que a gente imaginava. O campo ficou um pouquinho pesado. Enfrentamos uma equipe de qualidade técnica elevadíssima. Não são todos os times no Brasil que tem Willian e Giuliano pelos lados, Roger Guedes na frente, Renato Augusto e Paulinho no meio. É um time muito capacitado tecnicamente, mas o nosso time teve uma vontade de vencer absurda. Conseguimos o gol e depois todos se dedicaram muito taticamente para que a vitória viesse.”, disse Rogério Ceni.

Com a vitória no Majestoso, o São Paulo chegou aos 17 pontos e se isolou na liderança do Grupo B. Rogério Ceni falou ainda da motivação do elenco em vencer o clássico deste sábado e, mais uma vez, destacou a entrega dos atletas.

“É uma fase classificatória, não é um jogo decisivo para o campeonato, mas é um clássico. Um São Paulo x Corinthians tem um tamanho gigantesco. Independente da situação, você tem que jogar no seu máximo, no seu limite. Nós começamos em 11 e tem mais 10, 12 caras querendo entrar de qualquer jeito no jogo e com capacidade. E todos deixaram o máximo que tinham dentro do campo.” 

Na sequência Ceni voltou a falar da qualidade do elenco do Corinthians e ainda revelou que acredita que o rival pode conquistar “coisas grandes” em 2022.

“É um clássico tradicionalíssimo e uma equipe de muita qualidade. Acho que o Corinthians vai conseguir coisas grandes neste ano pelo time que eu vi jogar hoje”, finalizou.

Continua após a publicidade


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.