Abramovich rejeita oferta de R$16,7 bilhões pelo Chelsea


De acordo com agência de noticias, russo não tem pressa para vender o clube 

O Chelsea foi colocado oficialmente à venda na última quarta-feira, e já recebeu proposta. No entanto, de acordo com a Reuters, o dono do clube, Roman Abramovich, não tem pressa em vender os Blues. Por conta disso, o russo já rejeitou uma oferta de  de 2,5 bilhões de libras (R$ 16,7 bilhões).

Além de não ter pressa, ainda de acordo com a Reuters, Abramovich contratou o bancário Joe Ravitch para ajuda-lo. O objetivo é encontrar um preço justo na venda e achar o melhor administrador possível para o Chelsea. Além disso, Ravitch já destacou que o processo vai levar o tempo suficiente para ser realizado.

Apesar de não querer acelerar a venda do Chelsea, Abramovich segue sendo pressionado pelo parlamento inglês por sua suposta ligação com o governo de Vladimir Putin. Este processo faz parte de um pacote de sanções contra empresários russos que atuam dentro do Reino Unido.

Por conta disso, e o medo que essas sanções cheguem ao Chelsea, o russo colocou os Blues a venda, e anunciou que a receita líquida da venda seria usada para ajudar as vítimas da guerra na Ucrânia.

De acordo com a imprensa inglesa, Abramovich espera uma oferta de no mínimo 4 bilhões de libras (R$ 26,7 bilhões) pelo Chelsea. Além disso, de acordo com a Reuters, o russo quer evitar possíveis compradores da China e Arábia Saudita. E por fim, o empresário deseja um perfil que mantenha os Blues com muito sucesso esportivo.

Abramovich rejeita oferta de R$16,7 bilhões pelo ChelseaTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.