NFL e sindicato de jogadores concordam em suspender todos os protocolos de COVID-19


Segundo a liga, um dos motivos para a suspensão dos protocolos de COVID-19 é a diminuição no números de casos da doença

A NFL e a NFL Players (sindicato de jogadores da liga) decidiram suspender todos os protocolos de COVID-19 imediatamente. Só para ilustrar, os protocolos estavam sendo postos em prática por dois anos.

Nesta quinta-feira (3), os times receberam um memorando detalhando a decisão. Segundo o documento, ela foi “baseada nas tendências atuais encorajadoras em relação à prevalência e gravidade” do coronavírus.

Anteriormente, no final da temporada 2021, a maioria das medidas mais drásticas dos protocolos foram retiradas pela liga. Destacam-se entre elas a obrigação de testagem de jogadores e funcionários assintomáticos, necessidade de usar dispositivos de rastreamento de contato e distanciamento social em academias e refeitórios.

Nesse período, não há atividades relacionadas ao futebol americano nas instalações das equipes e a mais próxima vai começar no dia 4 de abril, para times que contrataram novos treinadores principais. Entretanto, as alterações de hoje vão afetar os treinadores e funcionários que estarão trabalhando no “Combine” em Indianapolis ou que trabalham o ano todo em mercados locais. Esses empregados não precisarão mais passar por testagem, independente da situação vacinal ou necessidade de uso de máscara facial.

Caso os times queiram, eles podem impor as suas próprias políticas de uso de máscaras. Além disso, o documento deixa aberta a possibilidade de reverter a possibilidade se as circunstâncias piorarem.

Os times ainda precisam seguir os protocolos estaduais e locais de saúde.

Por causa da pandemia, a NFL cancelou as atividades antes da temporada e a pré-temporada de 2020. No entanto, a temporada regular inteira e dos playoffs foi realizada de forma integral nas últimas duas temporadas. Isso inclui a expansão da pós-temporada em 2020 e dos playoffs, em 2021.

Números da vacinação na NFL

Em 2021, os índices de vacinação dos jogadores ficou em torno de 95%, enquanto quase dos 100% dos funcionários das franquias se imunizaram contra a COVID-19.

NFL e sindicato de jogadores concordam em suspender todos os protocolos de COVID-19Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.