Torcedor é retirado de estádio após ofensas racistas no Campeonato Gaúcho


Atleta do Caxias apontou o agressor, que foi levado à delegacia

 

A partida entre Caxias e Juventude pelo Campeonato Gaúcho foi marcada por polêmicas antes mesmo de começar. O zagueiro Erik, reserva do Caxias, relatou ter sido vítima de ofensas racistas dentro do estádio.

A partida foi pela nona rodada do Gauchão e aconteceu no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS). O ato ocorreu durante o aquecimento das equipes. Segundo Erik, um torcedor do time mandante o ofendeu com injúrias racistas. O atleta identificou o agressor, que foi retirado do local pela Brigada Militar.

Os presidentes dos dois clubes acionaram a Brigada Militar para fazer a retirada do acusado. Além disso, o torcedor foi encaminhado para a delegacia. Também apoiado pelos presidentes, Erik fez o boletim de ocorrência no intervalo da partida.

O atleta optou por não dar andamento ao processo de acusação em relação ao torcedor. Depois, Erik retornou ao estádio e entrou no segundo tempo do jogo em Caxias.

Os atos ocorrem em meio ao aumento da violência contra atletas em partidas de futebol por todo o Brasil.

Mais confusão em Caxias

Posteriormente, a partida foi iniciada. Porém, ao cobrar uma lateral, o atleta Rennan Siqueira, também do Caxias, foi agredido. Um torcedor do Juventude cuspiu no jogador e também foi encaminhado para a delegacia.

Apesar de toda a confusão, o jogo não saiu do zero a zero. Além disso, houve duas expulsões, um atleta de cada time.

Com o ponto conquistado, o Caxias subiu para a terceira colocação, com 12 pontos até agora. Por outro lado, o Juventude permanece perto do rebaixamento, no 10º lugar, com oito pontos.

 

Torcedor é retirado de estádio após ofensas racistas no Campeonato GaúchoTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.