Matheus Henrique deseja força a Villasanti e se irrita com ato de vandalismo: “Por isso eu odeio os morangos”


Atual jogador do Sassuolo, da Itália, Matheus Henrique se manifestou sobre os incidentes antes do Gre-Nal

Ex-jogador do Grêmio até o meio da temporada passada, quando foi vendido ao Sassuolo, da Itália, o volante Matheus Henrique se manifestou nas redes sociais lamentando o ataque ao ônibus tricolor antes do Gre-Nal, que foi adiado e antes estava marcado no horário das 19h, no Beira-Rio, pelo Gauchão. Villasanti foi o jogador gremista mais atingido, teve ferimentos no rosto e precisou ser levado ao hospital.

Matheus, em seu recado, ainda esbravejou contra o Inter e desejou força ao volante paraguaio do Grêmio, que passará a noite em hospital de Porto Alegre.

“Até quando isso? Força Villasanti! Por isso que eu odeio esses morangos! Bando de inconsequentes”, declarou – confira abaixo:

O Grêmio, em caráter oficial, publicou no início da noite um boletim atualizando a situação clínica de Villasanti:

“Atleta está bem. Sob cuidados no hospital Moinhos de Vento. Fez todos os exames do protocolo de traumatismo e concussão do hospital. Teve um TCE (traumatismo craniano) e, em virtude do traumatismo, uma concussão cerebral. Atleta não tem fratura na cabeça. Tem escoriações no rosto e trauma no quadril”, diz o Grêmio.

Além do jogador paraguaio, outros atletas tiveram ferimentos por conta do ataque com pedra e barra de ferro atirados por colorados. Campaz, segundo o presidente gremista Romildo Bolzan, também teve tonturas, enquanto o volante Thiago Santos teve escoriações por estilhaços. Oficialmente, a Federação Gaúcha de Futebol ainda não divulgou quando será a data do Gre-Nal adiado.

Matheus Henrique deseja força a Villasanti e se irrita com ato de vandalismo: “Por isso eu odeio os morangos”Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.