Giuliano sai em defesa de Sylvinho, ex-técnico do Corinthians: “injustiça, passaram do limite com ele”


Meia se posicionou sobre a forma como aconteceu a demissão do ex-comandante do Corinthians

O Corinthians fechou a contratação do técnico Vitor Pereira, mas o assunto “Sylvinho” segue em alta no Timão. Conforme já foi noticiado, a demissão do ex-técnico alvinegro aconteceu muito por pressão da torcida. Isso porque internamente, o profissional contava com apoio tanto dos jogadores como dos dirigentes.

Em entrevista concedida à Central do Timão, Giuliano voltou a falar sobre o trabalho de Sylvinho. Para o camisa 11, faltou respeito da imprensa e também da torcida ao analisar o trabalho do ex-treinador.

“Eu não fico em cima do muro nos meus posicionamentos. Eu achei que foi muita injustiça a maneira como foi (a demissão). Foi criada uma animosidade sobre a pessoa do Sylvinho, não somente o profissional. Aqui no Brasil, por um problema cultural que nós temos, você não consegue diferenciar o lado profissional com pessoal. Passaram do limite com ele, faltavam com respeito, tanto parte da imprensa e a torcida foi influenciada também“, disse Giuliano.

“A gente ganhava, ele tinha que ir embora, empatava, ele tinha que ir embora, perdia, tinha que ir embora, desde o ano passado. Agora, foi o treinador que nos levou à Libertadores. Talvez não tenha sido da maneira como o torcedor queria, mas ele conseguiu o objetivo final. E a equipe teve evolução, performance e resultado”. declarou.

Elogios de Giuliano ao trabalho de Sylvinho

Outro ponto citado por Giuliano foi em relação ao trabalho de Sylvinho no dia a dia, algo que para nem torcida e nem imprensa tinham acesso.

“É uma excelente pessoa, um excelente profissional, vinha trabalhando, ficava 15 horas no clube estudando, vendo vídeo para passar as informações para nós. Fazia parte tática e técnica dentro do campo, nos mostrava o caminho. É alguém que fazia esse trabalho, só que como a torcida e a imprensa não tinham acesso a todas essas informações internas, sempre julgavam pelos resultados, pela mudança que foi malfeita, porque começou com time errado… isso é difícil”.

Demissão de treinadores no Brasil

Por fim, o meia do Corinthians comentou sobre a questão de os treinadores viverem sempre na corda bamba no Brasil, sendo algo cultural no futebol nacional.

“Agora, isso faz parte, não vai mudar, é o Brasil e é dessa maneira que a gente vive o futebol aqui. Infelizmente, é o que acontece. Eu desejo muita sorte para o Sylvinho, foi um treinador que eu aprendi muito, que confiava em mim e eu confiava muito no trabalho dele, mas a mudança faz parte, a gente nunca sabe para que lado pode ir. Aconteceu, é a gente seguir e dar um significado bom para isso, e almejar coisas maiores”, finalizou Giuliano.

Giuliano sai em defesa de Sylvinho, ex-técnico do Corinthians: “injustiça, passaram do limite com ele”Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.