Técnico Guto Ferreira aponta responsáveis por ataque ao ônibus do Bahia


Uma bomba foi jogada no ônibus que levava a delegação do Bahia para o duelo contra o Sampaio Corrêa, pela Copa do Nordeste

Na noite desta quinta-feira (24), o ônibus que levava o elenco do Bahia para o jogo contra o Sampaio Corrêa, pela Copa do Nordeste, foi atacado. Jogadores do Tricolor ficaram feridos após uma bomba ser jogada no veículo e o técnico Guto Ferreira apontou os possíveis responsáveis pelo ocorrido.

“O torcedor intimida e acha que vai resolver os problemas do time dessa maneira. Não vai”, disse o técnico Guto Ferreira, do Bahia, em entrevista após o ataque.

O caso mais grafe do ataque foi o do goleiro Danilo Fernandes, que não perdeu a visão de um dos olhos por poucos centímetros, segundo informou o próprio técnico Guto Ferreira.

Mesmo após o ocorrido, o Tricolor decidiu entrar em campo e enfrentar o Sampaio Corrêa na noite desta quinta-feira (24).

Ônibus é atacado

“O Esporte Clube Bahia informa que uma bomba explodiu dentro do ônibus da equipe na chegada à Fonte Nova e atletas ficaram feridos. O caso mais preocupante é do goleiro Danilo Fernandes, atingido por estilhaços no rosto e já encaminhado a um hospital”, informou o clube.

Um carro que transitava ao lado do ônibus tricolor, na altura do último viaduto da Av. Bonocô, conduzido por uma mulher, também acabou atingido.

Técnico Guto Ferreira aponta responsáveis por ataque ao ônibus do BahiaTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.