City estuda comprar clube no Brasil e nome surpreende


Futebol brasileiro pode ser alvo da organização em um futuro próximo

De acordo com informações do jornalista Rafael Reis, do UOL Esporte, o City Football Group, conglomerado que é proprietário do Manchester City e de outros nove clubes, estuda a possibilidade de investir no mercado brasileiro.

A organização situada na capital dos Emirados Árabes tem acompanhado de perto toda a movimentação no futebol brasileiro da migração dos clubes para SAFs (Sociedade Anônimas de Futebol). Até o momento, clubes tradicionais como Cruzeiro, Vasco e Botafogo já adotaram o modelo, que deve virar tendência nos próximos anos.

Ainda segundo Rafael Reis, o Grupo City tomou a decisão que não irá investir em nenhum dos 12 times que são conhecidos como grandes no futebol nacional, como os quatro grandes de São Paulo e do Rio de Janeiro, além de Internacional, Grêmio, Cruzeiro e Atlético-MG.

Se efetuar de fato a investida em um clube brasileiro, o Grupo City deve adotar a mesma prática em outros países onde já está presente, optando assim por algum clube que se mostre como potência regional, ou um clube sem tradição, que possa reiniciar a sua história.

NOME EM QUESTÃO

Ainda na publicação, a proposta apresentada desperta o interesse do Bahia, que na última temporada caiu para a Série B do Brasileirão. Nos bastidores, o Tricolor de Aço tem trabalhado no lançamento da SAF. A imprensa local aponta que o time tem negociando com o conglomerado dono do City.

Mas ao que tudo indica, se as investidas ocorrerem, o grupo dificilmente fará investimentos altos para formar o plantel. O objetivo é formar talentos e exportar.

City estuda comprar clube no Brasil e nome surpreendeTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.