Servidores públicos transformam a realidade, na Prefeitura do Rio


Renata Vilhena*

A Secretaria de Governo e Integridade da Prefeitura do Rio de Janeiro (Segovi), em parceria com o instituto República.org, desenvolveu e está implementando um planejamento estratégico, com os objetivos de definir as prioridades para aprimorar os serviços prestados ao cidadão e às empresas, por meio de mais transparência, soluções de governo digital, diversidade e inclusão. O trabalho conjunto tratou das metas para se alcançar esses objetivos, além de pactuar os resultados esperados, tendo como premissa a participação dos servidores na definição das etapas de ação.

Para executar as ações do planejamento, foram constituídos dois grupos. Um composto por servidores/gestores das áreas da Segovi, com autoridade e autonomia para realizar, com a equipe da consultoria, o modelo proposto. E o Grupo de Validação formado por gestores, com atribuição de validar e “patrocinar” a implantação das ações, podendo propor eventuais mudanças que possam ser necessárias.

A estratégia do planejamento foi estruturada em seis pilares: “Integridade”, “Transparência”, “Governo Digital”, “Diversidade e Inclusão”, “Rio é a Solução” e “Arrumando a Casa”.

O pilar “Integridade” surge num contexto de ausência de credibilidade das instituições governamentais, que demanda o desenvolvimento de sua cultura entre os servidores, com a promoção do tema nas políticas públicas setoriais e a implementação do gerenciamento de riscos. Um exemplo na Segovi, é a estruturação da governança da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGDP).

Já “Transparência” é um pilar que se mostra fundamental no combate à corrupção, fortalecendo o monitoramento e controle da sociedade, mídia e academia. O “Governo Digital” é um tema cada vez mais presente no dia a dia das organizações públicas, e busca a melhora da relação com a população, facilitando o acesso a serviços públicos, e encurtando caminhos, em especial em tempos de pandemia.

No pilar da “Diversidade e Inclusão”, a preocupação é garantir o aperfeiçoamento de políticas públicas de promoção da igualdade nos diversos setores da nossa sociedade. Um dos projetos em curso é o “LAB-CEPIR: Workshop para Afro-empreendedores”, além das ações para o acesso a crédito via Sebrae e BNDES a públicos contemplados pelas políticas de inclusão.

O pilar “Rio é a solução” surge porque a pandemia está impondo a necessidade de a cidade voltar a atrair o investimento das empresas e investidores privados. Isso exige um trabalho de fortalecimento de imagem, para que se possa novamente ocupar posição de destaque, nos mercados nacional e internacional. Ações para isso na Segovi envolvem o desenvolvimento do Portal Rio Capital de Eventos, de nova marca para o Rio e a Rio Film Comission.

Por fim, “Arrumando a Casa” é um pilar que objetiva reduzir as ineficiências e a burocracia, aumentar a qualificação e o engajamento do servidor público, e a melhora da qualidade do atendimento ao cidadão. Umas das iniciativas são a implementação da gestão do desempenho entre os servidores da Segovi e a busca de mais recursos federais para o Município, entre outros.

Para trazer esse planejamento estratégico para o dia a dia dos funcionários da Segovi, fez-se o desdobramento em cada um dos setores, mapeando a contribuição efetiva de cada servidor para execução das iniciativas. Isso se completa com a pactuação de resultados, com a elaboração de contratos de gestão para cada área, contendo metas, projetos e agendas de melhoria em cada um dos setores. Uma sistemática de acompanhamento também foi estabelecida para que cada gestor possa acompanhar aquilo que é de sua alçada e adequar eventuais mudanças no contexto da realidade da organização.

Esse trabalho de revisão completa do planejamento estratégico até o desdobramento em metas e monitoramento é importante para consolidar de fato as prioridades da organização e alinhar toda a equipe para objetivos comuns, além de deixar mais claro para atores internos e externos quais os direcionamentos e prioridades do momento.

Na Secretaria de Governo e Integridade da Prefeitura do Rio de Janeiro todo esse trabalho só foi possível porque houve um engajamento de toda a equipe de servidores, com a participação ativa da alta administração.

*Renata Vilhena é consultora em Gestão Pública, professora associada da Fundação Dom Cabral e integrante do Movimento Pessoas a Frente. Foi Secretária de Estado de Planejamento e Gestão do Governo de Minas Gerais ,de 2007 a 2014.

O post Servidores públicos transformam a realidade, na Prefeitura do Rio apareceu primeiro em Jornal de Brasília.