Treinador do Atlético-MG elege quatro times mais fortes do Brasil e alerta: “Boca e River estão em pé de igualdade”


Comandante do Galo acredita que os clubes do Brasil vão ter ainda mais trabalho na Libertadores 2022

Substituto de Cuca, Antonio Mohamed possui a missão de manter o Atlético-MG no caminho de títulos importantes. Neste domingo (20), às 16h, na Arena Pantanal, o treinador tem a possibilidade de levantar seu primeiro troféu no Brasil, já que o Galo terá pela frente o Flamengo na Supercopa do Brasil. Sendo assim, além dos dois finalistas, o argentino acredita que mais dois times estão no grupo de melhores equipes do país, mas um alerta sobre Boca Juniors e River Plate foi feito pelo profissional.

Apesar do domínio do Brasil nas duas últimas finais da Libertadores, El Turco apontou que os argentinos estão mais fortes. Dessa forma, a disputa na Libertadores 2022 promete ser ainda mais intensa, já que os “hermanos” querem voltar a conquistar a taça mais importante do continente.

“Acho que há uma semelhança de forças. Neste caso com Boca e com River. Os dois estão em pé de igualdade com os quatro ou cinco times mais poderosos daqui, que são Flamengo, Palmeiras, Corinthians e Atlético-MG. Parece-me que há paridade nesse sentido. É verdade que, nos últimos anos, houve uma diferença com os times brasileiros, mas tanto River quanto Boca se fortaleceram muito e vão buscar a conquista da Libertadores. A competição será muito acirrada”, disse ao diário “Olé”.

CAMPANHA DO ATLÉTICO-MG NA LIBERTADORES 2021

Além disso, o treinador do Atlético-MG relembrou a campanha do clube na última edição da Libertadores. Após desbancar Boca e River, o Galo ficou fora da final por conta do gol sofrido fora de casa no duelo contra o Palmeiras.

“Por isso eu disse que a profundidade do elenco em determinados momentos acaba fazendo a diferença. Vai ser muito equilibrado, os detalhes vão marcar, como foi a última Copa Libertadores. O Boca com o Atlético foi muito equilibrado, foi o jogo das polêmicas. Tirando o que passou com o Atlético contra o River, que ganhou com vantagem, foi muito equilibrado. O Atlético ficou fora contra o Palmeiras devido a um gol fora de casa, foi uma partida apertada depois. As equipes que se tornam fortes em casa são as que vão fazer a diferença”, analisou.

Treinador do Atlético-MG elege quatro times mais fortes do Brasil e alerta: “Boca e River estão em pé de igualdade”Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.