Ponte Preta demite Gilson Kleina após derrota no Dérbi Campineiro


Derrota para o Bugre no Brinco de Ouro mantém crise na Macaca; equipe buscará outro comandante para a sequência do Paulistão

O Campeonato Paulista fez mais um treinador como vítima neste final de semana. A Ponte Preta anunciou a demissão de Gilson Kleina após a derrota da equipe no Dérbi Campineiro por 3 a 0 contra o Guarani, no Brinco de Ouro.

O anúncio foi feito através do site oficial da Ponte pelo presidente Marco Antônio Eberlin. O mandatário pontepretano pediu ‘desculpas’ para a torcida pela má atuação no duelo contra o maior rival durante o anúncio da saída do técnico.

“Peço desculpas à nação alvinegra pela partida que nossa equipe teve hoje. Fiquei triste como qualquer torcedor pontepretano. Quero dizer à torcida que o Kleina não é mais o nosso treinador. Na madrugada de hoje, irei contratar um novo treinador para a Ponte Preta”, afirmou Eberlin.

“O nosso momento é de grande reflexão e de busca por mudança. Não gosto de mudar, queria que fosse diferente. Não queria trocar nosso treinador, que vestiu nossa camisa como nunca. Mas diante desta atuação vexatória, tenho que tomar uma atitude perante à torcida. Não gostaria que fosse assim, mas é dessa maneira que vai ser”, completou o presidente da Macaca.

A derrota no Dérbi encerrou a quinta passagem de Kleina pela Ponte, iniciada ainda na Série B de 2021, quando conseguiu fazer com que o time se livrasse do rebaixamento para a Série C. Mas que no Paulistão não conseguiu surtir efeito, com sete pontos conquistados e sendo uma das piores campanhas do estadual.

Com a saída, também devem deixar a Ponte Preta Fabiano Xhá e Juninho (auxiliares) e Juvenilson Souza (preparador físico). O nome do novo técnico deve ser anunciado em breve, mas o grande favorito, ao menos internamente, é Umberto Louzer.

Ponte Preta demite Gilson Kleina após derrota no Dérbi CampineiroTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.