Kassab diz a aliados que PSD tem dois presidenciáveis


O presidente do Partido Social Democrático (PSD)Gilberto Kassab, declarou, segundo aliados, que a legenda tem dois candidatos à Presidência da República. As informações são da âncora da CNN Daniela Lima.

Caso o presidente do Congresso Nacional e do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), não queira concorrer, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), será o presidenciável.

Leite deve deixar o PSDB e se filiar ao PSD nas próximas semanas. Ele foi derrotado em novembro do ano passado pelo governador de São Paulo, João Doria, nas prévias dos tucanos ao Palácio do Planalto.

O PSDB, por sua vez, soube pelo PSD que Leite concordou em ser candidato pela legenda e ficou chateado com a falta de consideração do governador gaúcho. Segundo o partido, ele deixa uma espécie de “bagunça” no estado e não preparou outro candidato para sua sucessão.

Para Kassab já está claro que Pacheco não quer ser candidato. O senador deve anunciar, nas próximas semanas, que deseja cumprir seu mandato até o fim, trabalhar para a população de Minas Gerais e conduzir o Congresso Nacional durante as eleições.

CNN realizará o primeiro debate presidencial de 2022. O confronto entre os candidatos será transmitido ao vivo em 6 de agosto, pela TV e por todas as plataformas digitais.

 

Este conteúdo foi originalmente publicado em Kassab diz a aliados que PSD tem dois presidenciáveis no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.