Alvo do Flamengo, Funes Mori tem salário compatível com realidade financeira do clube


Funes Mori tem contrato com o Al-Nassr até junho de 2023

Antes de mais nada, o Flamengo ainda está ativo no mercado da bola em busca de reforços para a temporada de 2022. Para aumentar o leque de opções do técnico Paulo Sousa, a diretoria rubro-negra ainda tenta a chegada de mais um zagueiro após a contratação de Fabrício Bruno.

O Torcedores.com que o zagueiro Ramiro Funes Mori, do Al-Nassr, da Arábia Saudita, está sendo avaliado pela comissão técnica. O nome do argentino entrou na pauta no começo de fevereiro. Afinal, a diretoria fracassou nas tratativas com Léo Ortiz, do Red Bull Bragantino.

O zagueiro, uma das estrelas do clube saudita, foi procurado por um representante da direção do Flamengo. Porém, Funes Mori ainda não recebeu uma proposta oficial. Recentemente, ele foi sondado pelo Palmeiras. No entanto, as conversas não avançaram com o clube alviverde.

Ainda segundo apurou a reportagem, o empresário Daniel Kozic trabalha nos bastidores a fim de viabilizar a ida do jogador para o Flamengo. Ramiro Funes Mori tem contrato com o Al-Nasser até junho de 2023. No entanto, o argentino não deseja estender com a equipe da Arábia Saudita.

De acordo com fontes próximas ao estafe do jogador, o zagueiro estaria disposto a costurar um acordo amigável para deixar Al-Nassr. Afinal, Funes Mori não se adaptou ao clube e, por isso, deseja retornar ao futebol sul-americano.

Apesar do contrato com os árabes ter parâmetros econômicos em dólar, Funes Mori tem vencimentos compatíveis com a realidade financeira do Flamengo. Atualmente, ele ganha US$ 93 mil (R$ 483 mil) por mês no Al-Nassr.

Atualmente, o Flamengo gasta R$ 3,2 milhões por mês com os zagueiros Léo Pereira (R$ 250 mil), Gustavo Henrique (R$ 580 mil), Fabrício Bruno (R$ 300 mil), Rodrigo Caio (R$ 650 mil) e David Luiz (R$ 1,5 milhão).

A carreira de Funes Mori

Revelado pelo River Plate, José Ramiro Funes Mori atuou pelo clube de Buenos Aires de 2010 a 2015. Nesse ínterim, conquistou a Recopa Sul-Americana (2015), a Copa Libertadores da América (2015), a Copa Sul-Americana (2014), o Campeonato Argentino (2014), a Copa da Argentina (2014) e a Série B da Argentina (2012).

Posteriormente, o zagueiro foi negociado com o Everton, da Inglaterra. Porém, não deixou saudades na torcida do clube inglês. Viveu o auge da carreira defendendo o Villarreal onde conquistou a Liga Europa (2020/2021). Em junho do ano passado, ele se transferiu para o Al-Nassr.

Pela seleção argentina, o defensor disputou 26 partidas e marcou dois gols. Além disso, ele representou o país em duas edições da Copa América: 2016 e 2019. Apesar disso, ele ficou de fora da lista final de convocados para a Copa do Mundo de 2018. Amigo pessoal do craque do PSG Lionel Messi, o zagueiro ainda sonha com a disputa do Mundial do Catar.

Alvo do Flamengo, Funes Mori tem salário compatível com realidade financeira do clubeTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.