Campeão do mundo, dono do Chelsea perde R$ 4,5 bilhões em um dia


O russo Roman Abramovich é dono do Chelsea, mas também tem outros investimentos fora do futebol

Dias depois de ver o Chelsea ser campeão do Mundial de Clubes da Fifa ao derrotar o Palmeiras na grande final, o dono do time inglês, Roman Abramovich, teve um baque significativa em seus cofres bilionários já que, segundo o jornal As, da Espanha, ele perdeu 776 milhões de euros, cerca de R$ 4,5 bilhões.

Proprietário da mineradora Evraz, Abramovich viu sua empresa ter uma queda drástica na bolsa de valores de Londres decorrente da tensão geopolítica entre Rússia e Ucrânia.

“A tensão entre os dois países do leste europeu coloca a empresa no meio do choque e acaba se desvalorizando por conta da possibilidade de uma guerra ocorrer“, explicou Tim Worstall, especialista em bancos, ouro, metais preciosos e recursos naturais, em entrevista ao As.

Apesar de ser sediada em Londres, a Evraz tem cerca de 110 mil funcionários e opera na Ucrânia, Rússia, República Tcheca, Itália, Estados Unidos, Canadá e África do Sul.

Apesar do susto, o dono do Chelsea não deve sentir tanto o golpe sofrido nos últimos dias já que é dono de um fortuna estimada em US$ 12,8 bilhões.

Abramovich comanda o Chelsea desde 2003, quando pagou 140 milhões de libras para comprar o clube, que não era considerado um dos grandes da Inglaterra.

Campeão do mundo, dono do Chelsea perde R$ 4,5 bilhões em um diaTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.