NFL: Antony Curti cancela participação no Flow após polêmica nazista


Antony Curti disse que não estará mais participando do Flow Sport Club na próxima sexta-feira após polêmica envolvendo o nazismo

Antony Curti, comentarista dos canais ESPN e editor-chefe do Pro Football BR, divulgou nesta terça-feira (8) um comunicado anunciando que não participará mais do Flow Sport Club na próxima sexta-feira.

Curti era um dos convidados para estar presente no podcast justamente na véspera do Super Bowl LVI entre Cincinnati Bengals e Los Angeles Rams  Outro convidado foi o Durval Queiroz, jogador brasileiro do Miami Dolphins.

Em nota oficial, Antony Curti disse que o motivo pelo cancelamento da participação ocorreu em relação ao episódio do Flow Podcast na última segunda-feira (7), onde Monark falou que não veria problemas na criação de um partido nazista no Brasil, defendendo a liberdade de expressão.

Antony Curti lamentou pela NFL, pois não terá mais a oportunidade de fazer a decisão do futebol americano alcançar mais pessoas no Brasil.

Veja a nota oficial de Antony Curti sobre o Flow

“A oportunidade de poder levar a NFL e o futebol americano a mais pessoas é incrível e obviamente seria um instrumento bacana para contar mais sobre meu trabalho e minha história desde que comecei nisso no meio de uma faculdade de Direito. Mas é justamente nela que aprendi alguns valores fundamentais de uma verdadeira democracia. A liberdade de expressão não é irrestrita e nem pode ser, há de existir uma ponderação sempre.”

“Ante as declarações que rolaram ontem no Flow, não tenho como, por meus valores, ir ao podcast da sexta – mesmo que seja o Flow Sport Clube e não o Flow “principal”. Mesmo que não haja a presença de quem propagou a defesa da legalidade à ideologia torpe que é o nazismo. Mas, para além dos meus valores, não posso compactuar com a propagação de um discurso que viola direitos humanos e devo respeito às pessoas que acompanham meu trabalho e que com certeza se sentiram antigidas com isso. Não só judeus, mas também pessoas com deficiência, ciganos, LGBTQIA+ e outros tantos grupos de pessoas que foram dizimadas num dos mais triestes momentos da humanidade. Como diz o ditato, se há uma mesa com 10 pessoas, alguém que defende o nazismo senta e ninguém se levanta, há 11 pessoas que defendem o nazismo de uma forma ou outra. A ação, mas também a omissão, contribuem para o resultado. Nunca fui de me omitir quanto a valores que fazem a sociedade evoluir e progredir. Sempre vou me opor a valores que fazem ela retorceder.

Lamento muito, porque sei que era uma oportunidade de fazer a NFL chegar a mais gente. Mas nesses momentos, a questão ética é mais importante. Defender o que é certo está acima de ganhar mais seguidores nas minhas redes. Espero que possamos ter outras oportunidades em veículos que estejam alinhados com a democracia e o respeito ao ser humano.”

NFL: Antony Curti cancela participação no Flow após polêmica nazistaTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.