Olimpíadas de Inverno: Max Parrot é medalha de ouro no snowboard três anos após vencer câncer


Olimpíadas de Inverno presenciou mais uma grande história em Pequim, com o canadense Max Parrot conquistando a medalha de ouro após vencer câncer

As Olimpíadas de Inverno tiveram nesta madrugada um dos melhores momentos da competição até aqui. Três anos depois de vencer um câncer, o canadense Max Parrot conseguiu a medalha de ouro em uma das provas mais disputadas do snowboard slopestyle masculino na história dos Jogos Olímpicos.

Disputando contra o chinês Su Yiming (17 anos) de ponta a ponta pela liderança, Max Marrot conseguiu uma expressiva nota de 90.96 pontos em sua segunda de três descidas para conquistar a medalha de ouro, conseguindo melhorar seu desempenho nas Olimpíadas de Inverno realizadas na Coréia do Sul em 2018.

Su Yiming acabou fechando em segundo lugar com 88.70 pontos. Tudo indicava que a terceira volta seria do ouro, mas a segunda descida apresentou um problema técnico no movimento que ocasionou a perda de pontos decisivos. A medalha de bronze ficou com o também canadense Mark McMorris, que conseguiu repetir seu desempenho de 2018 com 88.53pts.

Os três atletas conseguiram superar o favoritismo do campeão olímpico Redmond Gerard. Sob bastante expectativa, o norte-americano decepcionou e não conseguiu voltar ao pódio, ficando com apenas 83.25 pontos.

Canadense superou Linfoma de Hodgkin para competir nas Olimpíadas de Inverno

Max Parrot fez história nos Jogos Olímpicos de Pequim com sua vitória esportiva logo após sua vitória pessoal. Após ser vice-campeão em PyeongChang, o canadense foi diagnosticado com Linfoma de Hodgkin, câncer no sistema linfático em 2018. Foram 12 sessões de quimioterapia realizadas até 2019, quando a doença foi eliminada.

Olimpíadas de Inverno: Max Parrot é medalha de ouro no snowboard três anos após vencer câncerTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.