Inglaterra e Irlanda desistem de sediar Copa do Mundo de 2030


Inglaterra e Irlanda não estarão mais concorrendo para escolha de sede da Copa do Mundo FIFA de 2030, mas tentarão sediar a Euro 2028

Informações divulgadas inicialmente pela imprensa inglesa e confirmadas posteriormente por nota oficial nesta segunda-feira (7) apontam que a Inglaterra e a Irlanda desistiram de entrar como uma das candidatas para receber a Copa do Mundo FIFA de 2030.

Uma nota conjunta das federações de futebol da Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte deixa claro que não houve concordância entre todas as partes na proposta para tentar sediar a Copa do Mundo de 2030 e que motivos políticos afastaram a possibilidade do acordo.

No entanto, a mesma nota oficial confirma que os países lançarão uma candidatura única para tentar sediar a UEFA Euro 2028. O prazo final para inscrições de países-sede está marcada para o dia 23 de março.

Cabe ressaltar que a UEFA Euro 2020 foi itinerante com diversos países-sede pela Europa, formato que já foi abandonado e não será mais utilizado nos próximos torneios. Na competição disputada no ano passado, oito jogos foram realizados em Wembley, incluindo ambas semifinais e a decisão que consagrou a Itália campeã em cima da Inglaterra.

Porém, diversos incidentes ocorreram nas ruas de Londres antes, durante e depois da grande decisão da Euro 2020, onde a Federação Inglesa reconheceu que nenhuma fatalidade ocorreu “por um detalhe”.

A próxima Eurocopa terá como novidade o acréscimo na quantidade de equipes, com 32 seleções participantes, atual número da Copa do Mundo.

Veja a nota oficial de Inglaterra e Irlanda sobre Copa do Mundo e Eurocopa

“No geral, as cinco federações decidiram se concentrar apenas em uma candidatura oficial para sediar o UEFA EURO 2028 e concordaram em não concorrer à Copa do Mundo de 2030.”

“A realização de uma UEFA EURO oferece um retorno de investimento semelhante, com o torneio europeu a ter um custo de entrega muito mais baixo e o potencial de os benefícios serem concretizados mais cedo.

“Será uma honra e um privilégio receber coletivamente o UEFA EURO 2028 e receber toda a Europa.

“Também seria uma oportunidade maravilhosa para demonstrar o verdadeiro impacto de sediar um torneio de futebol de classe mundial, promovendo mudanças positivas e deixando um legado duradouro em nossas comunidades”.

Inglaterra e Irlanda desistem de sediar Copa do Mundo de 2030Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.